Geral

Preparativos para o Dia de Finados movimentam cemitérios de Corumbá

A proximidade do Dia de Finados, celebrado em 02 de novembro, movimenta os cemitérios de Corumbá com os preparativos para as homenagens. Muitas pessoas aproveitam para limpar antecipadamente os túmulos e rezar para que os familiares descansem em paz, como apontou o casal Tertuliana Freitas de Oliveira, 76 anos, e Eduardo Perez de Oliveira, 74 […]

Arquivo Publicado em 28/10/2010, às 18h42

None

A proximidade do Dia de Finados, celebrado em 02 de novembro, movimenta os cemitérios de Corumbá com os preparativos para as homenagens. Muitas pessoas aproveitam para limpar antecipadamente os túmulos e rezar para que os familiares descansem em paz, como apontou o casal Tertuliana Freitas de Oliveira, 76 anos, e Eduardo Perez de Oliveira, 74 anos. Os dois vieram de Campo Grande para a data.

“Grande parte de nossos parentes está sepultada aqui em Corumbá. São nossos pais, tios, irmãos e até primos. Moramos em Campo Grande, mas todos os anos fazemos questão de vir até Corumbá com uma semana de antecedência para limparmos os túmulos, providenciarmos arrumação do que foi depredado. É a forma que encontramos de lembrar as pessoas importantes que passaram por nossas vidas e de rezar para que todos eles estejam bem”, disse Tertuliana a este Diário.

O encarregado pelo Cemitério Santa Cruz, afirmou que o movimento de limpeza dos túmulos está um pouco menor que o habitual. “Nos anos anteriores, quinze dias antes da celebração do dia de Finados, as pessoas vinham ao cemitério, para reformas e outras até para rezar. Neste ano, parece que estão deixando para limpar os túmulos no sábado e domingo, bem próximo à data”, informou José Martins Maciel.

Até domingo, 31 de outubro, o cemitério Santa Cruz – que fica na região do bairro Dom Bosco – estará aberto das 07h às 17 horas para que as pessoas possam realizar a limpeza. No dia 02 de novembro, data de Finados, os portões do cemitério abrirão às 05 horas da manhã.

Alguns optaram por realizar a limpeza por conta própria, como foi o caso de Antônio Moreno Neto, 74 anos. Na manhã desta 4ª feira, 27 de outubro, ele instalava uma placa de identificação do túmulo da família. “Toda a minha família está aqui. Neste ano, além de limpar estou colocando a placa, faz cerca de um ano e meio que minha filha morreu e até hoje não tinha placa. Nesse ano recebi ajuda de um amigo para limpar o local, tenho que cuidar bem daqui, pois é o lugar para onde um dia virei, e com certeza para onde todos virão. É um lugar de muito respeito e reflexão”, afirmou.

Celebrações

Tradicionalmente o dia voltado à lembrança dos mortos é de muitas orações e reflexões. A Diocese de Corumbá sempre prepara missas nos cemitérios locais. Estão previstas quatro missas no Cemitério Santa Cruz, no dia 02 de novembro. A primeira será celebrada às 06 horas da manhã, pelo bispo diocesano Dom Segismundo Martinez Alvarez; outra será realizada às 08h pelo padre João Marcos; às 10h pelo padre Fábio e às 16 horas, pelo padre Gildásio, encerrando as celebrações do dia. No Cemitério Nelson Chama, será realizada apenas uma missa, às 09 horas pelo padre Tarcísio. No Cemitério de Ladário, a celebração será às 09h, presidida pelo padre Amauri Gaioso.

Jornal Midiamax