Geral

Pilotos lamentam morte de Tomizawa em San Marino

A morte do japonês Shoya Tomizawa ofuscou a etapa de San Marino da MotoGP. Ao término da disputa neste domingo, os pilotos demonstraram profunda tristeza e lamentaram o acidente que matou o jovem de 19 anos, ocorrido na disputa do Mundial de Moto2. Ninguém, no entanto, se demonstrou tão abalado quanto Alex de Angelis, piloto […]

Arquivo Publicado em 05/09/2010, às 16h16

None

A morte do japonês Shoya Tomizawa ofuscou a etapa de San Marino da MotoGP. Ao término da disputa neste domingo, os pilotos demonstraram profunda tristeza e lamentaram o acidente que matou o jovem de 19 anos, ocorrido na disputa do Mundial de Moto2.


Ninguém, no entanto, se demonstrou tão abalado quanto Alex de Angelis, piloto de San Marino que atropelou Tomizawa após a queda. “Estou completamente arrasado com o que aconteceu com Shoya”, afirmou De Angelis, que estava logo atrás do japonês e não teve como evitar o choque. “Sou próximo de sua família e sei que todos o amam demais. Em momentos como esse, nada mais importa”.


De maneira semelhante, o italiano Valentino Rossi revelou o seu choque com o acidente. “Quando essas coisas acontecem, nada mais importa”, lamentou o piloto, que terminou em terceiro na MotoGP. “Vi o acidente pela TV e pude ver que era grave, mas não imaginava que poderia ser tão sério”.


Até mesmo o espanhol Dani Pedrosa, que venceu a etapa de San Marino, minimizou o resultado e revelou sua tristeza com a morte do jovem piloto japonês. “Apenas me disseram o que ocorreu, mas não há palavras que possam descrever isso”. 

Jornal Midiamax