Geral

Indígenas querem sistema de educação próprio

Representantes de comunidades indígenas estão mobilizados na Conferência Nacional de Educação (Conae), que termina no fim da tarde de hoje (1°) em Brasília. Eles recolhem assinaturas para uma moção em defesa das resoluções da Conferência de Educação Escolar Indígena. Realizado em 2009, o encontro preparatório envolveu cerca de 40 mil indígenas. Entre as reivindicações das […]

Arquivo Publicado em 01/04/2010, às 13h01

None

Representantes de comunidades indígenas estão mobilizados na Conferência Nacional de Educação (Conae), que termina no fim da tarde de hoje (1°) em Brasília. Eles recolhem assinaturas para uma moção em defesa das resoluções da Conferência de Educação Escolar Indígena.

Realizado em 2009, o encontro preparatório envolveu cerca de 40 mil indígenas. Entre as reivindicações das comunidades está a criação de um sistema nacional de educação voltado para esses povos, com fundo de financiamento próprio.

Natalina Messias, coordenadora das escolas indígenas de Roraima e liderança macuxi na Raposa Serra do Sol (RR), defende a criação de um sistema com autonomia e participação das comunidades.

“Nas escolas nós não temos essa autonomia quanto à formação de professor, merenda escolar, ao transporte escolar, à elaboração de material didático. Nós não sabemos quanto realmente é destinado para educação escolar indígena. Dizem que tem muito dinheiro, mas isso não chega até nós e não conseguimos trabalhar com esses valores que dizem que nós temos.”

Outra reivindicação dos representantes indígenas na Conferência Nacional de Educação é a ampliação de programas de inclusão e apoio para jovens nas universidades. O professor Ninawa, da comunidade Kaxinawá de Curumã, no Acre, afirma que a exclusão dos indígenas no ensino superior exige políticas públicas urgentes.

“Essa é uma das exclusão total ainda, principalmente na região da Amazônia, no estado do Acre, é uma exclusão quase que total para os jovens indígenas acessarem os programas e os apoios com relação ao ensino superior. E é uma das propostas que a gente traz para a conferência, para o indígena adquirir esse conhecimento superior para ajudar e facilitar o processo de desenvolvimento nas comunidades”

Jornal Midiamax