A ex-ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) já desocupou o imóvel funcional que ocupava na Península dos Ministros, em Brasília, para morar na casa alugada pelo PT que servirá como residência da pré-candidata do partido durante o período de campanha eleitoral à Presidência da República.

O PT vai pagar cerca de R$ 12 mil mensais no aluguel da casa, que será mantida pela legenda ao longo do período de campanha. Na nova residência, Dilma se reuniu nesta quinta-feira com assessores.

O partido vai arcar com todas as despesas de Dilma no período eleitoral. Sem salário do governo, a ministra vai se dedicar entre os meses de abril e outubro à campanha presidencial –com viagens pelo país que também vão ser custeadas pela legenda.

Esta semana, Dilma vai inaugurar a maratona de viagens com uma visIta a Minas, nas cidades de Ouro Preto e Belo Horizonte.

A casa ocupada por Dilma é térrea, tem três quartos e não fica de frente para o lago. Segundo interlocutores do partido, a petista não fez grandes exigências para a nova casa. Recomendou cuidado com os livros e pediu apenas boas instalações para seu cachorro da raça labrador, de nome “Nego”.

O cachorro foi herdado de seu antecessor na Casa Civil, José Dirceu, um dos principais articuladores da campanha petista ao Palácio do Planalto. Ao lado do cachorro, a ex-ministra mantém uma rotina de caminhadas matinais.

Além do aluguel da casa, o PT vai pagar um salário a Dilma durante a campanha eleitoral. A ex-ministra chegou a afirmar, antes de deixar o governo, que a ajuda foi proposta porque ela não pode “viver de brisa”.

Sem falar em valores do seu futuro salário, estimado em R$ 10 mil, Dilma disse que nunca recebeu dinheiro do PT anteriormente –prática que será quebrada durante as eleições deste ano.

Agenda

Além da visita a Minas, Dilma deve participar esta semana de atos políticos do PR e PC do B –duas legendas aliadas do PT em nível nacional.

A expectativa é que, nos dois encontros, os partidos formalizem a aliança com a petista para a disputa ao Palácio do Planalto em outubro.