Geral

Derf prende trio que fez arrastão em sobaria da Capital

Policiais da Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Roubos e Furtos) prenderam ontem três homens acusados de promoveram um arrastão em julho passado numa sobaria situada no bairro Amambai, em Campo Grande. Dois dos presos eram procurados pela polícia de outros estados, também por assalto. O arrastão ocorreu na noite do dia 14 […]

Arquivo Publicado em 21/10/2010, às 18h07

None

Policiais da Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Roubos e Furtos) prenderam ontem três homens acusados de promoveram um arrastão em julho passado numa sobaria situada no bairro Amambai, em Campo Grande. Dois dos presos eram procurados pela polícia de outros estados, também por assalto.

O arrastão ocorreu na noite do dia 14 de julho. O trio, armado, invadiu a sobaria, rendeu os empregados e roubou dinheiro e objetos dos clientes. Na fuga, os ladrões levaram também um carro Fox, veículo que já teria sido vendido no Paraguai.

De acordo com o delegado André Novelli, os investigadores prenderam primeiro Juliano Silva dos Santos, 27, conhecido como Bijula. A partir dali, os policiais identificaram e capturaram a dupla restante.

Para a polícia, a apuração do caso foi dificultada porque no dia do arrastão as vítimas não conseguiram informar as características dos assaltantes. E no comércio não havia um circuito interno de TV.

Com a prisão de um dos ladrões, Bijula, no caso, os policiais mostraram a fotografia dele aos clientes roubados, que o reconheceram.

O segundo detido foi Silvio Cezar Pereira de Souza, 33, o Cezinha, foragido da justiça do Paraná. Com ele, a polícia apreendeu um revolver de calibre 32, provavelmente arma usada durante o arrastão.

E o último capturado, Ailton Fernandes de Barros, 37, que seria o líder do trio, usava o relógio de um cliente da sobaria quando foi preso. Contra ele existe um mandado de prisão no estado do Pará, também por roubo.

Jornal Midiamax