Geral

Coligação petista pede no TSE direito de resposta contra Serra

A coligação Para o Brasil Seguir Mudando, que tem Dilma Rousseff como candidata à Presidência da República, entrou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com quatro pedidos de direito de resposta contra a coligação liderada pelo candidato do PSDB José Serra. Três representações pedem direito de resposta relativos a vídeos apresentados em inserções no último sábado, […]

Arquivo Publicado em 20/09/2010, às 18h36

None

A coligação Para o Brasil Seguir Mudando, que tem Dilma Rousseff como candidata à Presidência da República, entrou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com quatro pedidos de direito de resposta contra a coligação liderada pelo candidato do PSDB José Serra.


Três representações pedem direito de resposta relativos a vídeos apresentados em inserções no último sábado, dia 18. Segundo as representações, a coligação de Serra explora o episódio recente envolvendo a ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra para fazer propaganda “injuriosa” contra a candidata.


A quarta representação refere-se a informações veiculadas em propaganda de rádio na modalidade bloco, também no último sábado (18). A propaganda faz críticas a Dilma Rousseff na época em que atuou como secretária da Fazenda de Porto Alegre.


Os ministros Joelson Dias e Nancy Andrighi, que relatam as representações, negaram pedidos de liminares para tirar as propagandas do ar. Os ministros entenderam que em todos os casos trata-se de crítica política, o que não configura caráter de urgência para retirar as propagandas do ar. Eles ainda analisarão o mérito dos pedidos.

Jornal Midiamax