Geral

Agricultor é autuado por armazenamento ilegal de madeira

Policiais Militares Ambientais Corumbá/MS, em fiscalização, hoje pela manhã, na região do Assentamento São Gabriel autuaram Sebastião Alexandrino, de 49 anos, agricultor, por armazenamento de madeiras sem o licenciamento ambiental. No lote do autuado foram apreendidas 206 unidades de lascas de madeiras, entre as espécies aroeira e piúva e mais 36 unidades de tábuas das […]

Arquivo Publicado em 27/09/2010, às 16h33

None

Policiais Militares Ambientais Corumbá/MS, em fiscalização, hoje pela manhã, na região do Assentamento São Gabriel autuaram Sebastião Alexandrino, de 49 anos, agricultor, por armazenamento de madeiras sem o licenciamento ambiental.


No lote do autuado foram apreendidas 206 unidades de lascas de madeiras, entre as espécies aroeira e piúva e mais 36 unidades de tábuas das espécies peroba e piúva, além de 17 unidades de postes de aroeira.


Sebastião foi multado em R$ 1,5 mil, e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, por infringir as leis de crimes ambientais e poderá ser penalizado com detenção, um a dois anos de reclusão.


A PMA no final de semana, também autuou Rodélcio da Cruz Adorna, de 40 anos, no mesmo Assentamento, por armazenamento de madeiras e ter em sua guarda couros de animais silvestres e moto serra, todos irregulares.


A portaria 83 N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da “aroeira” e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.

Jornal Midiamax