O futebol sul-mato-grossense estreia na nesta quarta-feira (21), com a disputa entre e América-RN, no Estádio Laertão, às 19h30, em .

Para o CREC, a classificação para a segunda fase só vem com a vitória, já que, segundo o regulamento da Copa do Brasil, o clube com posição inferior no Ranking Nacional de Clubes (RNC) da CBF joga em casa, mas o adversário tem a vantagem de avançar com o empate.

Se passar pelo time potiguar, o Costa Rica enfrenta o classificado entre São Luiz-RS e Ituano-SP, que jogam, no mesmo horário, no Estádio 19 de Outubro, em Ijuí (RS).

Para o confronto, o time do técnico Rodrigo Cascca busca deixar a campanha irregular no Campeonato Estadual de lado. No último sábado (17), o clube se recuperou de duas derrotas seguidas ( e Coxim) e venceu o Náutico, por 2 a 0.

A vitória aliviou o clima e deu confiança para o jogo decisivo desta quarta. Além disso, o treinador tem à disposição o lateral Gil e o volante Michel Eloi, últimos contratados, mas já treinando e com a situação regularizada.

Já o América finalizou a preparação em trabalho de reconhecimento no gramado do Laertão, na terça (20). O retrospecto na temporada é regular, com classificação para a semifinal do primeiro turno do Campeonato Potiguar na liderança do Grupo A, mas na Copa do Nordeste, nos três jogos que disputou, foram três derrotas (Fortaleza-CE, Itabaiana-SE e Bahia-BA) e está na lanterna do Grupo A.

copa do brasil
América já treinou no campo do Laertão (América-RN, Divulgação)

Essa é a segunda vez que o Costa Rica disputa a Copa do Brasil. Em 2022, a Cobra do Norte foi eliminada na primeira fase por outro time potiguar, o ABC-RN, que venceu no Laertão por 3 a 0. Para disputa da primeira fase, o time sul-mato-grossense recebeu aproximadamente R$ 785 mil de cota. Se conseguir a classificação, garante mais R$ 945 mil.

Outro time de MS na competição, o Operário estreia no dia 28 de fevereiro na competição, em partida no Estádio Jacques da Luz, em Campo Grande, contra o Operário de Ponta Grossa (PR).