Medalha de ouro na Olimpíada de Pequim/2008 com a seleção brasileira de , a ex-central Walewska morreu na noite desta quinta-feira, em São Paulo. De acordo com pessoas próximas da atleta não se sabe a causa da morte. A jogadora tinha 43 anos e estava aposentada desde o fim da temporada de 2021/2022, quando defendeu o Praia Clube de Uberlândia.

Campeã durante toda a carreira, Walewska nasceu em e começou sua caminhada no esporte aos 12 anos quando passou em um teste do Minas Tênis Clube, tradicional clube da capital mineira. No vôlei, a atleta passou por Minas, Rio de Janeiro, São Caetano, Perugia, Murcia, Odintsovo, Vôlei Futuro, Campinas, Praia Clube e Osasco.

Pela seleção brasileira, Walewska foi campeã de quase tudo. Campeã olímpica em 2008 e bronze em 2000, a jogadora também foi prata no Mundial de 2006 e conquistou o tricampeonato do Grand Prix, atual Liga das Nações.

Walewska lançou este ano “Outras Redes”, sua biografia, na qual contou detalhes de sua carreira. Nesta semana, em São Paulo, participou de vários eventos e esteve na de Futebol do Palmeiras, onde se encontrou com o técnico ABEL Ferreira.