Depois de Criciúma e Botafogo-SP, mais um time perdeu a chance de manter os 100% de aproveitamento e se isolar na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Trata-se do Guarani, que foi a Caxias do Sul (RS) e, debaixo de chuva, foi derrotado pelo , por 1 a 0. O jogo foi realizado no Estádio Alfredo Jaconi, pela quarta rodada, e coube ao experiente Nenê, ex-Vasco, logo nos primeiros minutos de jogo, marcar o gol da primeira vitória do time gaúcho.

Com o resultado, o Guarani aparece na terceira colocação na tabela com nove pontos. O Criciúma, líder, tem dez. O Juventude, enfim, conseguiu vencer a primeira e somou os três primeiros pontos, aparecendo na parte intermediária da tabela.

Mesmo com uma forte chuva e um gramado encharcado, o Juventude começou fazendo pressão na área Guarani e não demorou para abrir o placar. Aos oito minutos, Nenê arriscou um chute de fora da área e contou com um desvio no zagueiro Alan Santos para vencer o goleiro Pegorari.

Depois do susto, o time paulista se soltou mais ao ataque e o duelo ficou equilibrado. Tanto que o goleiro Thiago Couto teve que fazer duas grandes defesas para salvar o Juventude de tomar o empate. Aos 26 minutos, em uma jogada ensaiada, Wanderson arriscou de longe e parou em bela defesa do camisa 1. Aos 32, Bruno José tabelou com Diogo Mateus e bateu cruzado, mas o goleiro mandou para escanteio.

Mas, nos minutos finais, o Juventude teve a chance de ampliar. Após um belo contra-ataque, David recebeu sozinho, de frente para Pegorari, mas quis driblar o goleiro com tanta preciosidade, que acabou perdendo a bola. Tanto que após o lance foi vaiado pela torcida.

Na volta do intervalo, o Juventude quase marcou o segundo gol logo no primeiro minuto. Depois de uma bola levantada na área, Rodrigo Rodrigues cabeceou firme e obrigou o goleiro Pegorari a fazer um verdadeiro milagre para salvar o Guarani. Enquanto isso, o time paulista trocava passes, mas não conseguia chegar com perigo ao gol adversário.

A melhor chance de empate veio no fim, já nos acréscimos, quando o zagueiro Lucão apareceu como um centroavante e arriscou um chute de longe. A bola ainda desviou na zaga e saiu por pouco.

Os times voltam a campo no próximo final de semana para a disputa da quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No sábado, o Juventude o Sampaio Corrêa, no estádio Castelão, em São Luís (MA), às 18h15. No domingo, o Guarani encara o Sport, na Ilha do Retiro, no Recife, às 19h.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE 1 X 0 GUARANI

JUVENTUDE – Thiago Couto; Reginaldo, Danilo Boza, Romércio e Kelvyn; Gehring (Emerson Santos), Luis Mandaca, Jadson e Nenê (Ruan); David (Robertinho) e Rodrigo Rodrigues (Daniel Cruz). Técnico: Pintado.

GUARANI – Pegorari; Diogo Mateus, Alan Santos (Matheus Barbosa), Lucão e Mayk; Alvariño, Wenderson e Régis (Neilton); Bruninho (Isaque), Bruno Mendes (Derek) e Bruno José (João Victor). Técnico: Bruno Pivetti.

GOL – Nenê, aos oito minutos, do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Luis Mandaca, Nenê, Rodrigo Rodrigues e Thiago Couto (Juventude) e Bruno Mendes, Diogo Mateus, Matheus Barbosa e Régis (Guarani).

ÁRBITRO – Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES).

RENDA – Não disponível

PÚBLICO – 1.460 total

LOCAL – Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).