O ganhou sua primeira partida sob o comando de Mano Menezes. Nesta quarta-feira, na Arena Pantanal, a equipe alvinegra dava indícios de que não sairiam do empate sem gols com o , mas Ángel Romero apareceu em uma jogada de bola parada para garantir o triunfo alvinegro no Mato Grosso por 1 a 0.

Apesar do domínio dos donos da casa, o Corinthians conseguiu encontrar uma forma de balançar as redes e se afastar da zona de rebaixamento. Não foi uma partida exuberante do time paulista, mas Mano conseguiu armar uma equipe eficaz no ataque e segura defensivamente.

O resultado deixa o Corinthians na 13ª posição, com 36 pontos, seis de vantagem para e Santos, que ainda entram em campo nesta quinta e ocupam o Z-4. Já o Cuiabá fica com 37 pontos, estacionado no 11º lugar da tabela de classificação.

A missão do Corinthians ainda não está concluída. E o próximo desafio é essencial. Em um confronto direto, os comandados de Mano Menezes recebem o rival Santos, na Neo Química Arena, no domingo, às 18h30. O Cuiabá entra em campo um pouco mais tarde, às 20h, para medir forças com o líder Botafogo.

Os donos da casa foram mais valentes desde o primeiro minuto. A equipe mato-grossense pressionou o Corinthians e criou algumas oportunidades. Aos poucos, a equipe de Mano se posicionou de forma mais adiantada e começou a se aproximar do gol cuiabano.

O Corinthians conseguiu tomar as rédeas do jogo a partir do domínio do meio de campo, circulando a bola pelas beiradas e criando uma sequência de lances perigosos. Mas emoção não foi a tônica do primeiro tempo. Pelas duas partes, foram poucas as finalizações que fizeram os goleiros trabalhar.

O placar empatado sem gols foi condizente com a produção das duas equipes. A organização defensiva de Corinthians e Cuiabá contrasta com a falta de criatividade que ambas as equipes apresentam no setor de ataque.

Mais dispostas, as equipes retornaram do intervalo mais proativas. O empate não interessava a Cuiabá ou Corinthians. Na bola parada, o time da casa gerava os mais relevantes momentos de perigo contra a meta defendida por Cássio. Diferentemente do primeiro tempo, na segunda etapa a equipe mato-grossense se propôs a pressionar o time alvinegro por mais tempo.

A entrada de Rojas no lugar de Renato Augusto deixou o Corinthians com mais posse de bola, mas o Cuiabá continuou dando sustos na defesa alvinegra. Aos 32 minutos, o time de Mano usou da arma cuiabana para sair na frente. Gil subiu de cabeça após cobrança de falta e escorou para a segunda trave, Romero empurrou para o fundo do gol.

Com o placar adverso, o Cuiabá armou uma blitz na reta final, encurralando o Corinthians na grande área. No entanto, a defesa alvinegra prevaleceu, e os visitantes voltaram para a capital paulista com os três pontos na mala.

FICHA TÉCNICA

CUIABÁ 0 x 1 CORINTHIANS

CUIABÁ – Walter; Matheus Alexandre, Marllon, Alan Empereur e Rikelme (PK); Raniele, Fernando Sobral (Ronald Lopes) e Lucas Mineiro (Denilson); Clayson (Derik Lacerda), Isidro Pitta (Wellington Silva) e Deyverson. Técnicio: António Oliveira.

CORINTHIANS – Cássio; Bruno Méndez, Gil, Lucas Veríssimo e Fábio Santos; Fausto Vera (Gabriel Moscardo), Maycon (Roni), Giuliano (Fagner) e Renato Augusto (Rojas); Ángel Romero (Ruan Oliveira) e Yuri Alberto. Técnico: Mano Menezes.

GOLS – Ángel Romero, aos 32 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – André Luiz Skettino Policarpo Bento (MG).

CARTÕES AMARELOS – Fernando Sobral, Gil, Fábio Santos e Bruno Méndez.

RENDA – R$ 1.544.600,00

PÚBLICO – 36.620 torcedores.

LOCAL – Arena Pantanal, em Cuiabá.