Em um jogo de pouca inspiração, mas com lances talentosos de Elvis e Nenê, Ponte Preta e Juventude ficaram no empate sem gols nesta terça-feira, no Estádio Moisés Lucarelli, pela 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, a Ponte Preta ficou com 22 pontos, ainda com uma boa “gordura” em relação à zona de rebaixamento. O Juventude, que perdeu boa oportunidade de encostar no G-4, chegou ao quinto jogo de invencibilidade e acabou em sexto lugar, com 27. O Vitória, em quarto, tem 31.

O primeiro tempo foi acirrado e com uma grande disputa entre Elvis e Nenê. O meia da Ponte foi o maestro do time e participou das melhores oportunidades da equipe campineira. Em uma delas, tentou surpreender Thiago Couto, que tirou com soco. Do outro lado, o aniversariante do dia, Nenê, quase fez um golaço. Ele tentou por cobertura e mandou rente à trave.

Elvis continuou comandando o meio de campo da Ponte Preta, que teve nova chance com Eliel. O atacante invadiu em velocidade e tocou na saída de Thiago Couto. A bola tirou tinta da trave. A resposta foi com Jadson. Ele recebeu de Nenê e exigiu boa defesa de Caíque França.

O goleiro da Ponte Preta, inclusive, foi um dos pontos altos da equipe. Aos sete minutos do segundo tempo, ele fez grande defesa em um arremate de Nenê. Mas o time da casa também não deu sossego para Thiago Couto. Tales obrigou o goleiro do Juventude a fazer um milagre, aos 11.

A Ponte Preta foi ganhando volume com Elvis, que aplicou chapéu e protagonizou lindos lances durante a partida. A equipe da casa era levemente superior, mas foi perdendo fôlego. O camisa 10 começou arriscar na bola parada, mas sem sucesso.

Com o passar do tempo, o Juventude recuou e anulou a Ponte Preta Os times demonstraram cansaço. Com isso, a partida ficou no 0 a 0.

Na próxima rodada, a Ponte Preta enfrenta o CRB na sexta-feira, às 19h, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). No domingo, às 15h30, o Juventude recebe o Ceará, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).