O Sub-21 de , disputado neste em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, na Bahia, rendeu três medalhas para o Mato Grosso do Sul. Duas delas são de judocas de , maior cidade do interior.

Breno Dias e Nycollas Lopes voltaram com o Bronze. Ambos são atletas da ACJ (Academia Cano de Judô). A delegação sul-mato-grossense na competição foi composta por 17 atletas. De acordo com a CBJ (Confederação Brasileiro de Judô), que organizou o evento, 338 judocas estiveram nos tatames do Centro Pan-Americano de Judô, sendo 158 mulheres e 180 homens.

A delegação sul-mato-grossense na competição foi composta por 17 atletas. De acordo com a CBJ (Confederação Brasileira de Judô), que organizou o evento, 338 judocas estiveram nos tatames do Centro Pan-Americano de Judô, sendo 158 mulheres e 180 homens. Ao todo, 26 unidades federativas foram representadas.

As três medalhas do Estado foram conquistadas por Nathália Camily de Arruda, que faturou a prata na categoria médio (até 70 kg). Já Nycollas Rafael Lopes terminou em terceiro lugar no médio masculino (até 90 kg).

Pela categoria pesado (acima de 100 kg), Breno Dias Duarte levou o bronze. Outros atletas sul-mato-grossenses também brigaram por medalhas, mas não conseguiram chegar ao pódio. Elias Moreira Neto (meio-leve, até 66 kg) e José Marco Demarco (meio-médio, até 81 kg) encerram a competição em quinto lugar.

Com o desempenho, Mato Grosso do Sul fechou na sétima posição no quadro geral de medalhas. O foi campeão, com quatro ouros, duas pratas e quatro bronzes, seguido por com três ouros, quatro pratas e seis bronzes e Distrito Federal com três ouros e três bronzes.

Responsável pela preparação dos dois judocas douradenses, o Sensei Alexandre Cano comemorou os resultados. “Foi um feito enorme, não apenas para ACJ, mas para o judô douradense. Foram as duas únicas medalhas entre os sul-mato-grossenses no naipe masculino em uma competição nacional, enfrentando os melhores atletas do Brasil. Eles estão de parabéns e todos nós, orgulhosos”, comenta Cano.