Em jogo movimentado, Botafogo vence o Resende e segue entre os líderes no Carioca

Com a quinta vitória em sete jogos, o Botafogo chegou a 16 pontos, em terceiro lugar
| 18/02/2022
- 03:18
Assessoria/Botafogo
Assessoria/Botafogo

O conquistou mais uma vitória no Campeonato Carioca. Na noite desta quinta-feira, recebeu o Resende no Engenhão, no Rio, pela sétima rodada, e venceu por 2 a 1. Depois de um primeiro tempo sem gols, os donos da casa fizeram dois gols rápidos com Matheus Nascimento e Erison, de pênalti. Jeffinho até descontou, mas a reação adversária não prosseguiu.

Com a quinta vitória em sete jogos, o Botafogo chegou a 16 pontos, em terceiro lugar, atrás de Fluminense, com 18, e Flamengo, com 16, todos na zona de classificação às semifinais. O Resende segue com cinco pontos e caiu para a 11ª e penúltima colocação. Está à frente apenas do Nova Iguaçu, que está em 12 º, único lugar que condena ao rebaixamento.

O Resende volta a campo na próxima segunda-feira, às 15h30, pela oitava rodada. Recebe o Boavista no Estádio do Trabalhador, em Resende (RJ). Na quarta-feira, às 20h, é a vez do Botafogo fazer o clássico com o Flamengo no Engenhão.

O primeiro tempo foi de poucas chances para o Botafogo, mas nada de gols. Logo no começo, assustou com Matheus Nascimento, mas o chute parou na boa defesa de Jefferson. Depois, Matheus fez um cruzamento, a bola desviou e quase entrou. O time ainda teve chute de Daniel Borges, por cima do gol.

A etapa final, porém, foi diferente. Nos primeiros minutos, uma chance parada cada, mas quem abriu o placar foi o Botafogo. Aos 13 minutos, Matheus Nascimento aproveitou rebote do goleiro e marcou.

Enquanto o torcedor ainda comemorava, o Botafogo teve um pênalti marcado. Erison bateu firme e ampliou o marcador aos 15 minutos, deslocando o goleiro. Mesmo após os dois gols, o Resende não se abateu e o jogo continuou bom. Aos 23, Jeffinho, que tinha acabado de entrar, fez boa jogada, cortando para o meio e chutou de fora da área. A bola ainda bateu na trave antes de entrar.

Depois disso, o Botafogo conseguiu acalmar a partida, mas no final, o Resende voltou ao ataque. Em um lance, Ingro dominou bonito no peito, na meia-lua, e chutou de primeira, exigindo grande defesa de Gatito. A última chegada perigosa foi do Botafogo. Carli se lançou ao ataque, foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro. A bola desviou e quase enganou o goleiro.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2 X 1 RESENDE

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Daniel Borges, Kanu, Joel Carli e Jonathan Silva; Fabinho, Barreto (Breno), Luiz Fernando (João Victor) e Raí (Kayque); Erison (Chay) e Matheus Nascimento (Gabriel Conceição). Técnico: Lúcio Flávio (interino).

RESENDE - Jefferson Luis; Juninho, Joanderson, Heitor e Alan Cardoso (Douglas); Khevin (Jeffinho), João Felipe, Brendon e Emanuel Biancucchi (Kaique); Igor Bolt e Raphael Macena (Ingro). Técnico: Sandro Sargentim.

GOLS - Matheus Nascimento, aos 13, Erison, aos 15 minutos e Jeffinho, aos 23 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rafael Martins de Sá

CARTÕES AMARELOS - Barreto (Botafogo). Alan Cardoso, Douglas, Khevin e João Felipe (Resende).

RENDA - R$ 49.254,00

PÚBLICO - 1.774 pagantes (1.545 presentes).

LOCAL - Engenhão, no (RJ).

 

Veja também

O Atlético-MG empatou em 1 a 1 com o Emelec (Equador), na noite desta terça-feira...

Últimas notícias