Esportes

Etíopes vencem provas masculina e feminina da 16ª Maratona do Rio

A atleta etíope Znash Banerirga, de 21 anos, fez a marca de 2h40 e venceu a prova feminina da 16ª Maratona do Rio, disputada na manhã de hoje (3), do Pontal, na zona oeste, até o Aterro do Flamengo, na zona sul. Na prova masculina, o etíope Mersymoi Alem foi o vencedor, com 02h18.

Agência Brasil Publicado em 03/06/2018, às 16h52

None
Maratona do Rio 2018

A atleta etíope Znash Banerirga, de 21 anos, fez a marca de 2h40 e venceu a prova feminina da 16ª Maratona do Rio, disputada na manhã de hoje (3), do Pontal, na zona oeste, até o Aterro do Flamengo, na zona sul. Na prova masculina, o etíope Mersymoi Alem foi o vencedor, com 02h18.

Em segundo lugar, a brasileira Mirela de Andrade fez o percurso com o tempo de 2h41, depois de liderar alguns quilômetros. Priscila Lorchima, do Quênia, ficou em terceiro pela segunda vez seguida, com o tempo de 2h44.

No masculino, o queniano Nicolas Chelimo chegou em segundo lugar, com o tempo de 02h18 e o brasileiro Gilmar Lopes conseguiu a terceira colocação. Ele percorreu os 42 quilômetros em 02h21.

Em 2018, a Maratona do Rio teve crescimento de 15% no número de corredores e ganhou mais um dia de evento, com atletas profissionais e amadores de mais de 50 países e de todos os estados brasileiros.

Esta é a 16ª edição da Maratona do Rio, que faz parte do calendário internacional. Em 2003, a prova de estreia contou com 3 mil corredores. Neste ano, foram 38 mil inscritos, divididos entre as provas de 42 quilômetros da Maratona (14 mil), 21 quilômetros da Meia Maratona (15 mil), disputada ontem (2), e provas de 10 e 6 quilômetros (8 mil). Ainda, mil crianças participaram da Maratoninha.

A estimativa da organização é que o evento vai injetar R$ 200 milhões na economia carioca, com uma programação de shows na orla e exposição cultural, além de uma feira com produtos variados do mercado de corrida e palestras com entrada gratuita.

Jornal Midiamax