Esportes

Por Corinthians, Álvaro Pereira procura Andrés e até provoca o São Paulo

O assunto Álvaro Pereira chegou a causar irritação a membros do departamento de futebol

Henrique Kawaminami Publicado em 09/01/2017, às 14h44

None
alvaro-pereira-comemora-gol-do-sao-paulo-apos-voltar-a-campo-depois-de-desmaio-1407088142331_615x300.jpg

O assunto Álvaro Pereira chegou a causar irritação a membros do departamento de futebol

As especulações de que poderia atuar no Corinthians mexeram com o lateral uruguaio Álvaro Pereira. Segundo noticiado pelo Uol Esporte, o jogador de 31 anos enviou mensagens privadas a funcionários do timão pedindo ajuda para que convencessem os dirigentes sobre uma oportunidade no clube. Sobrou até pro São Paulo.

"Meu desejo é jogar no Timão, estou à espera de que me liguem e que os valores que dizem não são reais. Eu gostaria de jogar no clube do povo, agora faz assim: coloca pressão na diretoria", disse em uma das mensagens o uruguaio. "Acabo de falar com Andrés Sanchez. Não passa por dinheiro, eu quero sair campeão e f*** os bambis", disse em alusão ao apelido pejorativo criado por torcedores para provocar o São Paulo.

O assunto Álvaro Pereira chegou a causar irritação a membros do departamento de futebol, já que o uruguaio também abordou diretamente por WhatsApp o gerente de futebol Alessandro e o treinador Fábio Carille. Nas mensagens, o lateral esquerdo se oferece para jogar como zagueiro, já que o Corinthians tem três outros atletas na posição dele.

O inchaço de laterais esquerdos é o que faz o Corinthians minimizar as chances de contratação do uruguaio. Hoje, o clube tem Uendel, que interessa ao Inter, Moisés, que pode ser vendido à Rússia, e ainda Guilherme Arana, com possibilidades também de transferência. Por isso, a diretoria nega interesse no uruguaio que defendeu o Cerro Porteño em 2016.

Andrés Sanchez negou forçar a negociação do uruguaio. "Saiu que eu estava forçando a contratação do Álvaro. Tenho mil defeitos, mas não sou burro. Primeiro que não me meto nisso (contratações). Segundo que temos o Arana, que tem 20 anos e um potencial enorme, temos o Uendel e o Moisés, que um monte de time quer, inclusive nós. Três laterais esquerdos. Acham que vou forçar a barra para contratar outro?", questionou.  

Jornal Midiamax