Esportes

Projeção põe Palmeiras no ‘top 3’ mundial de sócios-torcedores

 média de crescimento do programa Avanti neste ano é de 445 novos sócios por dia

Midiamax Publicado em 04/04/2015, às 11h33

None
nobre.jpg

 média de crescimento do programa Avanti neste ano é de 445 novos sócios por dia

A média de crescimento do programa Avanti neste ano é de 445 novos sócios por dia. São mais de 41 mil em 2015. Caso o ritmo seja mantido, o Palmeiras terminará o ano com 230 mil associados, perto dos 238 mil do Bayern de Munique, segundo maior do mundo de acordo com o Movimento por um Futebol Melhor. O primeiro do ranking mundial é o Benfica, com 270 mil. O Palmeiras é o nono, com quase 107 mil, derrubando a Internazionale (ITA) para o décimo lugar. No Brasil, o Internacional ainda é o primeiro, com 130 mil associados.

Se a projeção se confirmar e o Avanti atingir a marca de 230 mil novos sócios-torcedores neste ano, o Palmeiras terá arrecadação anual estimada em R$ 82 milhões com o programa. O valor é bem acima do arrecadado com os patrocínios na camisa, que gira em torno de R$ 50 milhões e é tido como o mais rentável do Brasil.

Jogo

Para o jogo deste sábado (4), jogo entre Palmeiras e Mogi Mirim, no Allianz Parque, cerca de 18 mil ingressos foram vendidos de forma antecipada. Apenas o setor Gol Norte, o mais barato da arena, não tem mais entradas à disposição.

Depois de quatro dias de preferência para sócios-torcedores, os ingressos para o jogo podem ser adquiridos pelo site do Futebol Card, além de outros cinco postos de venda. Os bilhetes custam entre R$ 120 e R$ 200.

Já classificado às quartas de final, o Verdão terá como principal atrativo deste jogo o meia Valdivia. Fora desde o fim do ano passado, quando atuou no sacrifício por conta de uma lesão na coxa direita, o camisa 10 foi relacionado para o confronto deste sábado, algo inédito no ano. O chileno, porém, ficará no banco de reservas.

Jornal Midiamax