F1: pilotos se emocionam no adeus a Jules Bianchi

Vários pilotos e personalidades da categoria foram ao velório do francês 
| 21/07/2015
- 16:37
F1: pilotos se emocionam no adeus a Jules Bianchi

Vários pilotos e personalidades da categoria foram ao velório do francês 

Jules Bianchi morreu na noite de sexta-feira no Hospital Universitário de Nice aos 25 anos, em decorrência de um sério acidente no GP do Japão, em outubro do ano passado. Com chuva, o piloto acabou perdendo o controle de seu carro, saindo da pista e se chocando violentamente contra um trator que retirava o carro de Adrian Sutil.

A desaceleração trouxe ao francês danos neurológicos que culminaram na sua perda, no dia 17 de julho deste ano.

Seu funeral começou às 10h da manhã no horário da França, e teve presença de muitas personalidades da . Entre eles está Felipe Massa, amigo pessoal do ex-piloto da Marussia. Além do brasileiro, campeões do mundo como Alain Prost, Jenson Button, Sebastian Vettel e Lewis Hamilton apareceram na catedral.

Outros pilotos do grid atual da Fórmula 1, como Nico Rosberg, Romain Grosjean, Daniel Ricciardo, Daniil Kvyat, Marcus Ericsson, Nico Hulkenberg e o atual terceiro piloto da Williams, Adrian Sutil, também prestaram suas homenagens.

Presidente da GPDA, o austríaco Alexander Wurz também foi visto adentrando a catedral. Assim como o presidente da FIA, Jean Todt, que decidiu ontem aposentar o número 17 que Jules Bianchi havia escolhido para ser seu durante sua carreira na F1.

Os fãs também estiveram presentes, na parte de fora da catedral, com fotos de Bianchi.

O espanhol Fernando Alonso preferiu não comparecer, respeitando o momento de perda.

Veja também

A dupla Neymar e Messi, do Paris Saint-Germain, ficou de fora

Últimas notícias