Esportes

Em rodada perfeita, Grêmio faz 5 a 0 no Inter e sobe para 3º

Douglas ainda perdeu um pênalti

Midiamax Publicado em 10/08/2015, às 00h48

None
comemoragremioxinterlucasuebelgremio.jpg

Douglas ainda perdeu um pênalti

Se o torcedor do Grêmio pudesse pedir aos céus uma rodada perfeita, dificilmente ela seria melhor que a deste fim de semana. Além de ver todos os sete times que estavam à sua frente tropeçarem, o Tricolor enfiou 5 a 0 no arquirrival Internacional, com grande facilidade na Arena. Giuliano fez um, Luan dois, Fernandinho mais um e Réver, contra, completou o placar para o time de Roger Machado, que encerra a rodada na 3ª colocação do Brasileiro. Veja como foi a partida minuto a minuto .

Animado com a boa chance de voltar ao G4, o Grêmio dominou o Inter no primeiro tempo. Chegou a perder um pênalti com Douglas, mas foi para o intervalo com uma vantagem merecida de 2 a 0. As já pequenas chances de reação do Colorado ruíram de vez no comecinho da etapa final, quando Luan fez seu segundo gol no jogo. O interino Odair Hellmann fechou o time temendo levar uma goleada ainda maior, mas Fernandinho ainda fez mais um e Réver marcou contra no fim do jogo.

Com a goleada, o Grêmio chega a 30 pontos, ultrapassando Fluminense, Sport , Atlético-PR , Palmeiras e São Paulo. O Inter, com 21, é apenas o 12º. Na quarta, o Colorado receberá o Fluminense no Beira-Rio. Já o Tricolor tem compromisso complicadíssimo contra o líder Atlético-MG , quinta, no Mineirão.

Sem D’Alessandro, com lesão no quadril, o interino Odair Hellmann decidiu reforçar a marcação, escalando três volantes – Rodrigo Dourado, Wellington e Anderson. Porém, o Grêmio dominou completamente o primeiro tempo. Precisando vencer para voltar ao G4, o time de Roger Machado não tomou conhecimento do rival.

Logo aos quatro minutos, Giuliano escapou da marcação colorada na área e serviu Luan, que perdeu grande chance na pequena área. Aos 10, o time da casa perdeu um pênalti: Pedro Rocha recebeu de Douglas e bateu cruzado. Alisson deu rebote, Giuliano pegou o rebote e foi derrubado pelo goleiro do Inter. Douglas cobrou para fora.

Apesar do erro na penalidade, o Grêmio não esmoreceu. Aos 15, Pedro Rocha chutou com perigo por cima do gol. Dois minutos mais tarde, Marcelo Oliveira foi brecado na hora de arrematar dentro da área. O Inter, então, acalmou o jogo e respondeu em boa jogada de Valdívia, travado por Maicon na hora do chute. Aos 31, Sasha cruzou buscando Lisandro López, mas Edinho salvou de carrinho.

Quando o jogo começava a ficar equilibrado, o Grêmio abriu o placar: aos 34, Galhardo bateu escanteio, Lisandro tirou de cabeça e Giuliano pegou de primeira, de canhota, acertando o ângulo de Alisson. O golaço forçou o Inter a sair para o jogo: aos 37, Wellington invadiu a área pela esquerda e chutou nos pés de Marcelo Grohe. Cinco minutos depois, porém, o Tricolor ampliaria: Erazo roubou bola no campo de ataque e tocou para Luan, que conduziu pelo meio e bateu rasteiro, surpreendendo Alisson. Juan e Pedro Rocha ainda perderam ótimas chances de marcar antes do intervalo.

O Inter voltou para o segundo tempo com Alex no lugar de Anderson. Porém, o Grêmio não tardou a fazer o terceiro: Pedro Rocha recebeu pela esquerda e bateu cruzado. A bola passou por Giuliano, mas não por Luan, que dominou na pequena área e, com calma, fez 3 a 0. O gol minou qualquer chance de reação colorada. Aos sete, Luan deixou Pedro Rocha na cara do gol, mas Alisson saiu e salvou o quarto.

Temendo um fiasco ainda maior, Hellmann tirou o centroavante Lisandro López e colocou em campo o volante Nilton. Também por conta de um diminuição de ritmo gremista, o Inter melhorou. Aos 15, Alex soltou uma bomba na trave. Wellington, na sobra, bateu para fora. Após o susto, o Grêmio se refez em campo e teve boa chegada aos 21, em chute perigoso de Douglas para fora.

E o pesadelo colorado não tinha fim. Mesmo retrancado e sem nenhum atacante em campo, o Inter levou o quarto aos 30, quando Maicon lançou Fernandinho na cara do gol. Ele driblou Alisson e fez seu primeiro gol com a camisa gremista. Aos 34, Bobô estreou pelo Grêmio no lugar de Luan, o melhor em campo, ovacionado pelos 46 mil torcedores presentes. Aos 39, Fernandinho arrancou livre de novo pela esquerda e cruzou. Réver tentou cortar e fez contra.

Jornal Midiamax