Esportes

CR7 faz cinco gols, e Real Madrid aplica goleada histórica

Português nunca havia balançado a rede tantas vezes pelo time espanhol

Clayton Neves Publicado em 05/04/2015, às 13h04

None
cristianoronaldo_efe.jpg

Português nunca havia balançado a rede tantas vezes pelo time espanhol

O dedo de Cristiano Ronaldo apontado para James Rodríguez ao comemorar seu primeiro gol resume bem o domingo de Páscoa do Real Madrid, num dia da ressurreição do bom futebol. A presença do colombiano dois meses após passar por cirurgia no pé direito permitiu a Carlo Ancelotti formar novamente o sexteto ofensivo considerado o ideal, o que não ocorria desde novembro passado – as lesões de Modric e James não possibilitaram repetir a escalação com eles, Kroos, Bale, Bezema e CR7. A impressão foi a melhor possível. Terminou com a maior goleada aplicada sobre o Granada na história do confronto: 9 a 1. 

Com os gols de Cristiano Ronaldo (5), Benzema (2), Bale e Mainz (contra), o Real Madrid chegou a 67 pontos, um a menos que o líder Barcelona, que joga em Vigo contra o Celta às 16h. Apaga também a última impressão que ficou após derrota para o próprio Barça em clássico disputado há duas semanas. Rendeu aplausos da torcida. O Granada, goleado, está em penúltimo. 

Antes de construírem o placar, os jogadores do Real conviveram com a paciência no limite dos madridistas. Principalmente o ídolo Casillas. Ao sair mal e tocar nos pés de Ibañez, surgiram as primeiras vaias para o goleiro depois do chute cruzado do adversário. A roubada de bola de Bale, o drible em Oier e o primeiro gol acalmaram os ânimos. Nos 13 minutos seguintes, Cristiano Ronaldo marcou três vezes, em uma delas em bom passe de James. 

O show de gols continuou na volta do intervalo. Benzema, duas vezes, e novamente CR7 marcaram. Os técnicos, seja pela tranquilidade de Ancelotti ou o desespero de Abel Resino, gastaram todas as substituições até os 16 minutos. Ibañez ainda descontou, mas Mainz fez contra. Cristiano Ronaldo, então, pela primeira vez balançou a rede cinco vezes num mesmo jogo pelo Real, passou Messi na artilharia – 36 gols a 32 – e fechou o placar: 9 a 1. A torcida aplaudiu. Um domingo de Páscoa em paz. 

O próximo compromisso madridista é na quarta-feira, contra o Rayo Vallencano, às 17h, fora de casa. O Granada recebe o Celta de Vigo no mesmo dia e horário.

Jornal Midiamax