Acontece neste domingo (21) as provas escritas objetivas do Concurso Público de Provas e Títulos para preencher 279 vagas no HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul). Se inscreveram mais de 11,5 mil pessoas. Os candidatos chegaram cedo em um dos locais de prova e não foram registradas filas ou trânsito lento em frente à universidade Uniderp.

No período da manhã acontecem as provas para nível técnico, médio e superior. A técnica de Vanessa Paes Figueiredo, de 39 anos, tenta pela primeira vez uma vaga em concurso. Há 10 anos na profissão, disse ao Jornal Midiamax que tem expectativa de conseguir uma vaga após anos de experiência. “Tentei me preparar, mas acho que a prova vai estar difícil”, completou.

(Ana Laura Menegat, Midiamax)

Apesar do grande número de inscritos para a prova, o movimento era tranquilo na manhã. Vanessa não teve dificuldade para chegar no local da prova, o trânsito estava tranquilo e não houve formação de filas, segundo ela. O mesmo foi percebido pela candidata Marciana Batista de Oliveira, de 43 anos.

Ela está no 6º módulo do de Enfermagem e também tenta, pela primeira vez, ser aprovada em concurso público. Como ela está cursando a , o conteúdo está “fresco” na mente, por isso, espera ir bem.

Uma equipe da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) esteve no local para dar suporte ao trânsito.

Crise no Hospital Regional

O concurso acontece em meio a polêmicas envolvendo o pagamento do piso salarial da enfermagem do HRMS. Profissionais da enfermagem desse hospital aguardam o pagamento da remuneração retroativa em março. Diante da falta de pagamento, os profissionais programam realizar uma paralisação. Os técnicos e enfermeiros protestam há semanas pedindo o pagamento do piso.

(Ana Laura Menegat, Midiamax)