Cotidiano / Emprego & Concurso

Após cobrança e matéria, governo lança curso para promoção de PMs

Militares haviam cobrado gestão tucana por 360 vagas

Ludyney Moura Publicado em 24/10/2016, às 11h15

None
formacao_pm.jpg

Militares haviam cobrado gestão tucana por 360 vagas

O governo estadual atendeu a solicitação de militares sul-mato-grossenses que cobravam abertura de processo seletivo interno para cursos na Polícia Militar, que visam a promoção dos servidores. Ao todo, serão 520 vagas abertas.

Na última quarta-feira (19), o Jornal Midiamax havia publicado a reclamação da Aspra/MS (Associação dos Praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Mato Grosso do Sul), que cobrava realização de curso para ascensão profissional.

Segundo a entidade, governo e militares haviam acordado a promoção dos servidores da PM em maio deste ano, durante negociação salarial com a categoria. O curso, de acordo com a Aspra, deveria começar na última segunda-feira (17) e terminar em março de 2017.

Segundo a publicação, feita no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (24), o governo abriu 360 vagas para o curso de Curso de Formação de Cabos do Quadro de Praças da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (QPPM), pelo critério de antiquidade.

Também foram abertas outras 160 vagas, pelo critério de antiguidade, para o Curso de Formação de Sargentos do Quadro de Praças da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (QPPM). A publicação, com validade a partir de hoje, é assinada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e pelo secretário estadual de segurança pública, José Carlos Barbosa, o Barbosinha (PSB). 

Jornal Midiamax