O volume de serviços cresceu 2,9% em Mato Grosso do Sul em julho, comparado a junho. Já na comparação com julho de 2022, o volume de serviços teve aumento ainda maior, de 5,2%. O que mostra recuperação no setor, que apresenta queda na comparação do ano.

Pesquisa Mensal de Serviços publicada nesta quinta-feira (14) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que o volume de serviços em Mato Grosso do Sul acumulado em doze meses foi de -1,3% e a variação acumulada no ano ficou em -0,6%.

A pesquisa tem o objetivo de produzir indicadores que permitam o acompanhamento da evolução conjuntural do setor de serviços empresariais não financeiros e de seus principais segmentos.

Setor de serviços cresceu em 13 estados do país

De acordo com o IBGE, houve crescimento no setor de serviços em 13 das 27 unidades da federação em julho de 2023, frente ao mês imediatamente anterior. Os impactos mais importantes vieram do (1,4%) e de Goiás (5,6%), seguidos por (2,9%), Mato Grosso (3,0%) e (3,3%).

Os principais estados negativos foram registrados do (-2,9%), (-0,1%), Pará (-3,0%), Rio Grande do Sul (-0,6%) e Espírito Santo (-1,8%).