fechou fevereiro com 5.688 novas vagas de empregos formais geradas. Apesar do saldo positivo, o resultado é o menor dos últimos dois anos. Os dados são do (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados nesta quarta-feira (29).

Em fevereiro foram admitidos 33.992 trabalhadores e desligados outros 28.304. Sendo o setor de serviços o principal responsável pela abertura de vagas no segundo mês de 2023, com 1.850 vagas, seguido pela agropecuária que abriu 1.653 postos de trabalho em fevereiro.

O setor da teve geração de 1.567 vagas, seguido pela indústria com 365 postos de trabalho. Por fim, o comércio gerou 253 vagas em fevereiro, segundo os dados do Caged.

Do total de vagas geradas no mês, 1.246 estão em Campo Grande, com destaque para os setores de serviços, indústria e construção. Dourados, a segunda maior cidade do Estado, gerou apenas 166 vagas em fevereiro e teve fechamento de 54 empregos no setor de construção civil.

Em foram apenas 51 vagas de saldo em fevereiro, com resultado positivo na indústria e agropecuária. Mais uma vez o resultado da geração de empregos em Ribas do Rio Pardo foi o melhor do Estado, com 1.465 vagas, sendo a grande maioria na construção civil.