A três meses do último mês do ano, o período de buscas por espaços para festas e eventos já começou em Campo Grande. Com as confraternizações de Natal e Ano Novo à vista, o valor de casas com piscinas pode ser quatro vezes maior do que em outras épocas do ano. 

“Desde o mês passado já tem gente sondando preços, mas tudo ainda está em fase de negociação, sem nenhum contrato fechado”, comenta a proprietária de um espaço com piscina e churrasqueira no Bairro Aero Rancho. 

De acordo com a mulher, que preferiu não ser identificada, o valor do aluguel para 12 horas de festa pode ser até quatro vezes maior nos dois últimos finais de semana de dezembro. Para quem não viaja no fim do ano e não tem espaço em casa, a opção acaba sendo solução para reunir amigos e familiares. 

“Em épocas comuns o preço varia entre R$ 400 em dias de semana e até R$ 600 nos finais de semana. Já em dezembro é comum ter um valor diferenciado justamente por conta da alta procura. É uma opção de lucro para quem aluga”, completa. 

O Jornal Midiamax pesquisou e encontrou opções de imóveis com preços entre R$ 300 e R$ 800 para contratos fechados até novembro. Os locais são equipados com piscina, banheiros e área gourmet com churrasqueira. Os acordos podem incluir ou não taxa de limpeza. 

“No meu caso, faço o máximo para garantir o conforto de quem aluga. Meu contrato já inclui taxa de limpeza e a pessoa não precisa se preocupar. Meu espaço também é afastado da área de moradores e isso facilita para quem quer ouvir som”, detalha o microempresário Rafael Duarte. 

Para Rafael, os aluguéis do imóvel no Jardim Seminário são opção de renda extra. “Cobro até R$ 550 por 12 horas”, afirma. No entanto, para as semanas do Natal e do Ano Novo o preço ainda não foi definido. “Já comecei a receber ligações, mas ainda não decidi. Vou esperar a melhor proposta”, finaliza.

É preciso se antecipar 

Para não ficar sem opção e não pagar ‘o olho da cara’, a dica é se antecipar. Entre setembro e outubro são os meses mais indicados para fechar negócio. 

Em dezembro de 2022, o cabeleireiro Rafael dos Santos tomou verdadeiro susto. Em cima da hora, decidiu alugar uma casa para passar o réveillon com os amigos e se surpreendeu com os valores. 

“Casa para alugar no fim de ano é muito caro. A maioria das casas estava em torno de R$ 2 mil e achamos até R$ 2.800. Conseguimos fechar uma por R$ 1.300, mas não era uma casa ok e em um bairro bem inferior”, comenta.