Bolsa Família: beneficiários podem receber o dobro do valor por até 4 meses; veja o calendário

Pagamentos começam na sexta-feira (16)
| 13/04/2021
- 11:30
Bolsa Família: beneficiários podem receber o dobro do valor por até 4 meses; veja o calendário
Beneficiários do Bolsa Família podem receber valor dobrado por 4 meses - Divulgação

Os beneficiários do programa Bolsa Família podem receber o dobro do valor pelos 4 meses, com o início do pagamento do novo auxílio emergencial 2021. Assim, quem faz parte desse grupo começa a receber a partir de sexta-feira (16). Veja o calendário mais abaixo.

Dessa forma, quem recebe o Bolsa Família terá o valor do benefício aumentado a partir de sexta. Isso ocorre devido ao pagamento do auxílio emergencial, ajuda do governo federal que pode ser de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, dependendo da composição familiar.

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, não descartou a possibilidade de haver uma prorrogação do novo auxílio emergencial. Porém, deixou claro que isso só irá acontecer se for realmente necessário e se a campanha de vacinação continuar lenta até o mês de julho.

Qual o valor do auxílio emergencial para quem recebe o Bolsa Família?

O valor pago pelo governo federal depende da composição familiar: quem mora sozinho recebe R$ 150; famílias compostas por 2 ou mais pessoas irão receber R$ 250 e, por fim, aquelas chefiadas por mulheres, que terão direito ao valor de R$ 375, mais que o dobro da parcela mínima por quatro meses.

Então, uma das condições para o beneficiário receber o auxílio emergencial é que este último seja maior que o valor pago pelo Bolsa Família. Dessa maneira, o benefício que oferece a melhor condição financeira para o cidadão é o que será permanecido.

O calendário de pagamento dos beneficiados do Bolsa Família segue o proposto para o programa. Sendo assim, paga conforme o final do Número de Identificação Social (NIS). O dinheiro fica disponível em uma conta poupança social digital, que pode ser movimentada pelo Tem. Veja abaixo o calendário:

 
NIS Depósito 1ª parcela 2ª parcela 3ª parcela 4ª parcela
NIS final 1 16 de abril 18 de maio 17 de junho 19 de julho
NIS final 2 19 de abril 19 de maio 17 de junho 19 de julho
NIS final 3 20 de abril 20 de maio 21 de junho 21 de julho
NIS final 4 22 de abril 21 de maio 22 de junho 22 de julho
NIS final 5 23 de abril 24 de maio 23 de junho 23 de julho
NIS final 6 26 de abril 25 de maio 24 de junho 26 de julho
NIS final 7 27 de abril 26 de maio 25 de junho 27 de julho
NIS final 8 28 de abril 27 de maio 28 de junho 28 de julho
NIS final 9 29 de abril 28 de maio 29 de junho 29 de julho
NIS final 0 30 de abril 31 de maio 30 de junho 30 de julho

Veja também

Até o fim do ano, benefício tem valor mínimo de R$ 600 por família

Últimas notícias