Cotidiano / Economia

Municípios abrirão mão da cobrança de taxa de iluminação pública, anuncia Assomasul

Além do anúncio de isenção de impostos federais e estaduais na tarifa de energia de famílias carentes, sul-mato-grossenses integrantes da linha de baixo consumo serão beneficiados também com a suspensão na  cobrança da Cosip (Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública). O anúncio foi feito pela Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). […]

Danúbia Burema Publicado em 10/04/2020, às 10h58

O presidente da Assomasul, Pedro Caravina (Foto: Edson Ribeiro/AsCom)
O presidente da Assomasul, Pedro Caravina (Foto: Edson Ribeiro/AsCom) - O presidente da Assomasul, Pedro Caravina (Foto: Edson Ribeiro/AsCom)

Além do anúncio de isenção de impostos federais e estaduais na tarifa de energia de famílias carentes, sul-mato-grossenses integrantes da linha de baixo consumo serão beneficiados também com a suspensão na  cobrança da Cosip (Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública). O anúncio foi feito pela Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

A decisão foi tomada após conversa com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), nesta sexta-feira (10). “Já falei com a Energisa, com o pessoal operacional e com a diretoria. Nós vamos isentar todo mundo. A imensa maioria dos prefeitos concorda”, adiantou o presidente da entidade e prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina.

Apesar da fala sobre isenção a todos, o presidente destacou que a medida incluirá somente as famílias carentes – assim como foi feito no País e no Estado. Ainda não foram confirmados quais municípios irão aderir nem por qual período será válida a isenção na taxa. Para Caravina, a medida requer a elaboração de projeto em cada cidade. Mas, em consulta prévia aos prefeitos, ele adiantou que a maior parte dos gestores concorda com a medida.

Jornal Midiamax