Cotidiano / Economia

Recursos para custear a safra agrícola podem aumentar

Também poderão ser canalizados outros R$ 20 bilhões de recursos

Diego Alves Publicado em 10/04/2015, às 23h07

None
121.jpg

Também poderão ser canalizados outros R$ 20 bilhões de recursos

O secretário de Política Agrícola, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, André Nassar, afirmou que “estamos trabalhando para manter ou até mesmo elevar os recursos do Plano Agrícola e Pecuário (PAP 2015/2016)”. O montante pode chegar a cerca de R$ 176 bilhões.

O secretário participou na terça-feira (7) da audiência pública na Comissão de Agricultura, Pecuária. Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados.Nassar disse ainda que a prioridade é manter os R$ R$ 88,9 bilhões de crédito de custeio a juros controlados.

Também poderão ser canalizados outros R$ 20 bilhões de recursos provenientes da Letra de Crédito do Agronegócio (LCA).

Outro ponto tratado foram as alterações dos juros para financiar a agricultura empresarial. O secretário adiantou na audiência que o aumento seria de um ou dois pontos percentuais.

E complementou que os produtores rurais inscritos no Cadastro Ambiental Rural poderiam receber um abono de 0,5% na contratação de financiamento rural.

Entre os programas de financiamento do PAP, Nassar citou como prioritários a manutenção do Moderfrota, o Programa ABC, de Armazenagem, Prorenova, Inovagro e aqueles voltados para pecuária. 

Jornal Midiamax