O Procon de realizou, nesta terça-feira (19), fiscalização nas lojas do Shopping Norte Sul Plaza. A operação Fiscaliza Edição de Natal analisa se os estabelecimentos estão de acordo com o Código de Defesa do .

De acordo com o subsecretário do Procon Municipal, José Costa Neto, durante a operação, os fiscais verificam a precificação dos produtos, se estão visíveis ao consumidor, bem como se há propagandas enganosas. Além disso, são analisados alvará, cumprimento do Código de Defesa do Consumidor e política de troca.

“Nas vitrines têm várias peças sem precificação. Nós não podemos forçar o consumidor a adentrar a loja para saber o preço. Aqui na calçada da loja, ele já tem que ter o seu processo decisório, através do preço que está vendo na vitrine, e não ser obrigado a entrar na loja para saber o preço da mercadoria” afirma.

A operação tem caráter educativo, ou seja, em casos de irregularidades, a loja recebe uma advertência e precisa se adequar imediatamente, evitando punições.

“É uma operação educativa orientativa, a priori é esse o objetivo, proteger nossos consumidores, porém evitando ao máximo a punição do fornecedor”, explica o subsecretário.

Subsecretário do Procon Municipal compareceu à operação de fiscalização. (Henrique Arakaki, Midiamax)

Operação é realizada em bairros e shoppings

A operação Fiscaliza Procon Edição de faz o acompanhamento em estabelecimentos comerciais de shoppings e bairros de Campo Grande.

A ação teve início nesta segunda-feira (18) em estabelecimentos comerciais no bairro Moreninhas. Os comerciantes receberam a visita dos fiscais, que os orientaram nas questões de direitos dos consumidores. A operação termina nesta quarta-feira (20).