A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) divulgou nesta segunda-feira (19) um novo balanço nacional de fiscalizações no mercado de , de 5 a 16 de dezembro. Um estabelecimento de foi autuado por falta de equipamentos que analisam a qualidade do combustível.

Foram inspecionados quatro postos de combustíveis e duas revendas de GLP no Estado, todos na Capital. Conforme o resultado, a unidade autuada não possuía todos os equipamentos necessários à realização das análises de qualidade dos combustíveis, que podem ser solicitadas pelos consumidores. Não é citada a localidade do posto autuado e das demais vistoriadas.

“As ações de em Campo Grande ocorreram no âmbito do treinamento ministrado pelos especialistas em regulação da ANP para os servidores do Procon Municipal, como parte inicial de implementação do acordo de cooperação técnica e operacional firmado entre os órgãos”, pontuou a agência.

Os fiscais verificaram a qualidade dos combustíveis, o fornecimento do volume correto pelas bombas medidoras, adequação dos equipamentos e instrumentos necessários ao correto manuseio dos produtos, documentações de outorga da empresa e relativas às movimentações dos combustíveis.

Das 17 federações fiscalizadas, está entre os estados com menor índice de irregularidades encontradas durante as ações.