A tendência climática para o próximo trimestre (maio, junho e julho) revela que terá temperaturas maiores e volume de chuvas menores que a média histórica do Estado. Os dados são do (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul) divulgados nesta sexta-feira (19).

O estudo utiliza previsão probabilística da precipitação e da temperatura do ar. Além disso, o estudo apresenta projeções do clima indicando um enfraquecimento gradual do fenômeno ‘El Niño' e, possivelmente, mudar para uma condição de neutralidade para o próximo trimestre.

Já no segundo semestre, os modelos apontam para uma probabilidade de ocorrência da ‘La Niña'.

Essas projeções são acompanhadas mensalmente, devido às atualizações dos modelos de previsão de clima, pelo Cemtec, que é um órgão vinculado à Semadesc (Secretaria de Estado de , Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação).