Quatro dias após o acidente que resultou na morte de Augusto Henrique Soares, de 19 anos, no Autódromo Internacional de Campo Grande, a Fams (Federação de Automobilismo de Mato Grosso do Sul) esclareceu que não organizou o evento que terminou na morte do rapaz. A competição planejada para aquele dia havia sido cancelada, e, segundo a Fams, o Autódromo prosseguiu com outra ação automobilística não relacionada à federação.

Ao Jornal Midiamax, Wagner Coin, presidente da Fams, esclareceu que a Federação não esteve presente no dia do acidente, uma vez que a ‘Pro Classic’ havia sido cancelada devido à ausência de Grid.

“Estava programado um evento automobilístico, intitulado ‘Pro Classic 2024’, mas por motivos de falta de Grid, pois vários carros que viriam para o evento não chegaram, o evento automobilístico foi cancelado”, explicou.

Conforme o presidente da Federação, no dia agendado para o evento, o proprietário do autódromo, Sandro Moura, decidiu aproveitar a estrutura já montada para realizar outra atividade no local.

Questionado sobre a versão apresentada pela Federação, Sandro Moura esclareceu que o autódromo prosseguiu com a realização do evento automobilístico, apesar do cancelamento da ‘Pro Classic’.

“Era o lançamento da categoria, primeira etapa da ‘Pro Classic’. O evento continuou, mesmo sem a presença dos carros, pois incluía atividades como o Truck Day e manobras de carro. Todas as medidas de segurança necessárias foram tomadas, o acidente ocorreu após as 17h, quando a pista estava fechada”, afirmou.

Acidente ocorreu dentro do Autódromo

Augusto Henrique Soares Pereira, de 19 anos, morreu no último sábado (30), após bater a moto que conduzia em um na pista do Autódromo Internacional de Campo Grande. Conforme o proprietário do Autódromo, o evento esportivo encerrou por volta das 17h, momento em que visitantes, funcionários e a equipe médica começaram a deixar o local.

Após o término do evento, enquanto a equipe na qual a vítima trabalhava recolhia seus pertences, Augusto teria pego uma moto escondido.

“A equipe deu falta de um dos integrantes e da moto, ao verificar, viram que ele tinha pego uma moto escondida e saído para a pista. O evento era de automobilismo, não havia motos no local, apenas a da equipe. Foi um caso isolado, nunca houve nenhum racha”, afirma Moura.

Autódromo Internacional de Campo Grande (Arquivo/Reprodução)

No momento do acidente, estava chovendo, e Augusto acabou perdendo o controle e colidindo com um guard rail. Conforme a administração do Autódromo, a motocicleta elétrica não fazia barulho ao ser utilizada e tinha capacidade para atingir 120 km/h.

Augusto foi encontrado inconsciente e resgatado inicialmente por amigos, que o levaram em um veículo até o encontro de uma viatura do Corpo de Bombeiros, que chegava para o atendimento. Ele morreu dentro da ambulância quando era levado para atendimento.

“Não tinha mais ambulância no Autódromo porque o evento havia encerrado. Encontraram o socorro no caminho, mas ele morreu antes de chegar ao hospital”, explica.

O diretor ressalta que o Autódromo foi periciado pela Polícia Civil, e a tia da vítima também esteve no local. Segundo a Polícia Civil, a moto não estava mais no local do acidente, porém havia pedaços de peças na pista. Será apurado se o jovem fazia manobras ilegais.

Nas redes sociais, desde 2021 Augusto compartilhava imagens de corridas e detalhes da mecânica dos veículos utilizados nas competições automotivas.

Em sua última publicação no Instagram, feita no dia 16 de fevereiro deste ano, o rapaz compartilhou vídeo do momento em que um carro arranca em alta velocidade durante competição. Em outras imagens, é possível vê-lo ao lado de amigos no espaço do autódromo da Capital, mesmo lugar onde morreu. Em nenhuma das imagens o jovem aparece dirigindo.

💬 Receba notícias antes de todo mundo

Seja o primeiro a saber de tudo o que acontece nas cidades de Mato Grosso do Sul. São notícias em tempo real com informações detalhadas dos casos policiais, tempo em MS, trânsito, vagas de emprego e concursos, direitos do consumidor. Além disso, você fica por dentro das últimas novidades sobre política, transparência e escândalos.
📢 Participe da nossa comunidade no WhatsApp e acompanhe a cobertura jornalística mais completa e mais rápida de Mato Grosso do Sul.