A instalação de paralelepípedos de forma irregular em uma das ruas do Jardim Itatiaia pode ter agravado o atoleiro que fez várias vítimas, entre motoristas de carros de passeio, trator, caminhão e van, na Rua Conde de São Joaquim até terça-feira (16).

Segundo o secretário adjunto da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), Enéas Netto, um morador colocou um paralelepípedo em uma rua que corta a Conde de São Joaquim.

jardim itatiaia
Jardim Itatiaia (Henrique Arakaki, Jornal Midiamax)

“Isso prejudicou no escoamento da água e faz com que aumente a intensidade do fluxo de água na ‘Conde’ provocando obstáculos profundos [erosões]”, afirma Enéas ao Jornal Midiamax.

Equipes da Sisep estiveram no local e monitoraram toda a área com a ajuda de um drone. A pasta esteve em diversos pontos críticos de Campo Grande fazendo o levantamento dos problemas. O Jornal Midiamax tentou contato com o morador, mas a reportagem não foi atendida.

Sanções

O secretário adjunto explica que as ruas são projetadas com trabalho de escoamento e ninguém tem permissão para colocar qualquer tipo de material em via pública sem autorização da Prefeitura. “Se a pessoa coloca algum material sem autorização provoca esse tipo de problema”, diz.

Segundo ele, o morador será notificado para que retire o material da rua. Caso ele não obedeça, a Sisep vai executar o serviço e o morador receberá as devidas sanções.