O dia é de sol, mas nem de longe animador para os moradores de Ivinhema, a 289 quilômetros de Campo Grande, que tiveram suas casas, seus estabelecimentos e veículos invadidos pela enxurrada na noite de sábado (13). Agora, eles aproveitam a manhã para limpar e arrumar os estragos causados pelos alagamentos.

Ao Jornal Midiamax, um morador do município, que preferiu não se identificar, explicou que os alagamentos aconteceram principalmente nas Avenidas Panamá, Honduras e parte da Avenida Reynaldo Massi. Nos vídeos enviados na última noite é possível ver as ruas tomadas por água e motoristas tentando tirar a enxurrada que entrava nos carros.

“Foi bem triste. As pessoas que estavam nas lanchonetes entraram em pânico. A água arrastou carros, motos… Começou a entrar até água na lanchonete”, explica.

O morador pontua ainda que, ao passar pelas ruas mais afetadas pela manhã, viu os moradores e comerciantes lavando calçadas e tirando a sujeira acumulada. Agora os moradores aguardam um posicionamento e ajuda por parte da Prefeitura.

Trecho passa por obras

Os pontos onde ocorrem os alagamentos passa por obras de drenagem. Em novembro do ano passado, a reportagem já havia noticiado em relação aos alagamentos nas mesmas vias. A enxurrada entra em comércios e em veículos.

“Essa situação é lamentável, já faz muitos anos este problema do alagamento nas ruas centrais. Muitos amigos já perderam carros e motos. Aí veio as obras que disseram que iria melhorar. Mas o problema permanece”, disse o morador.

Em 2022, a prefeitura da cidade recebeu o valor R$ 12,3 milhões do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento voltado ao Setor Público com processos de contratação e prestação de contas ágeis e simplificados) para obras de pavimentação e drenagem em Ivinhema.

Em 28 de agosto do ano passado, foi publicado no diário oficial do município, Primeiro Termo Aditivo ao Contrato n.º 009/2023 entre o Município de Ivinhema e a empresa GTX Construtora e Serviços Ltda, no valor de R$ 2.227.741,10, para Restauração de Pavimento, Drenagem, Acessibilidade e Sinalização Viária com Revitalização Urbana na Avenida Panamá e Honduras, entre Avenida Brasil e Rua Antônio Soares Branquinho e áreas adjacentes.

O prefeito Juliano Ferro (PSDB) gravou um vídeo falando sobre os fatos. Já as outras imagens mostram o Centro da cidade tomado pelas águas.

“Vai ter que fazer um trabalho na cidade inteira, muito complicado, mas estamos aqui”, afirma ele em trecho do vídeo. “Onde colocamos a boca de lobo está bebendo, mas aí vem essa água todinha da avenida Reynaldo e ali ainda não foi feito nenhum trabalho, porque pra resolver isso aqui tem que cavar a cidade inteira. Mas nós estamos aqui, mostrando para o povo”, acrescenta.