A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou na terça-feira (23) o resultado final do vestibular 2024, com a análise de 1.160 recursos de candidatos contra a nota da redação. Apenas 12% ou 142 pessoas tiveram o recurso deferido e a nota aumentada.

O resultado final foi divulgado três dias antes do previsto em edital, dessa forma, a comissão organizadora teve menos de dez dias para analisar os pedidos de recurso. A prova do vestibular da UFMS virou polêmica depois que 6 mil redações receberam nota mínima de 100 pontos.

O vestibular foi organizado pela Fapec (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura), que enfrentou uma série de protestos dos alunos, inclusive com ataque hacker. O vestibular é a principal porta de entrada da UFMS, que ofereceu 811 vagas em 38 cursos de graduação.

UFMS considerou 142 recursos

Conforme editais publicados pela UFMS com o resultado final do vestibular, 142 recursos sobre a nota da redação foram deferidos pela instituição. De 37 candidatos que zeraram a redação, apenas três conseguiram mudar o resultado.

Chama atenção um caso em que a nota saiu de zero para 600. A maior nota entre os recursos aceitos, foi de um candidato que saiu de 850 para 900 na nota final. Não há registro de notas 1.000.

Outros 1.018 pedidos de recurso da nota da redação do vestibular foram indeferidos pela UFMS. Muitos candidatos recorreram a professores para elaborar o pedido de recurso, pagando até R$ 300 por isso.

‘Meu futuro em jogo’

Estudante de 18 anos que se candidatou para uma vaga em Enfermagem na UFMS estudou o ano inteiro para o vestibular e sempre teve nota boa nas redações. No Enem, teve nota final de 920 na redação, mas nota mínima (100) no vestibular da UFMS.

“Consultei três professores especializados e todos concordaram que minha redação atende aos critérios exigidos pela banca. Então, tive que ir atrás de um professor para me ajudar com o embasamento para recorrer da minha nota”, diz ela.

Com a demanda alta, alguns professores estavam lotados e rejeitaram pegar o caso, mas encontrou um que vai recorrer, considerando que ela atendeu a todas as exigências. Mesmo com a justificativa, a candidata teve o recurso indeferido e a nota permaneceu em 100 pontos, considerada mínima.