A quinta-feira (15), pós-Carnaval, será de volta às aulas para 105 mil alunos das escolas municipais de . As aulas começam às 7h para os alunos em 205 unidades escolares, mas algumas escolas devem retornar às aulas apenas na segunda-feira (19) devido a reformas.

De acordo com a (Secretaria Municipal de ), são 105 mil alunos matriculados até o momento, na rede municipal de ensino de Campo Grande, distribuídos em 205 unidades escolares.

O calendário escolar estabelece 200 dias letivos distribuídos em quatro bimestres, com férias para professores e alunos de 17 a 31 de julho de 2024. O período de exames finais está programado para 17, 18 e 19 de dezembro, encerrando o ano escolar em 20 de dezembro.

Nas EMEIs (Escolas Municipais de Educação Infantil), o do ano letivo está previsto para 18 de dezembro de 2024.

Aulas adiadas devido à reforma

Algumas escolas de Campo Grande tiveram o início das aulas adiado para a segunda-feira (19), devido à reforma na estrutura física. Porém, a prefeitura não divulgou quantas e quais escolas tiveram o início das aulas adiado.

Em nota, a Semed afirma que as reformas integram o projeto Juntos Pela Escola, que prevê revitalizar as 205 escolas municipais ao longo de 2024. As escolas recebem melhorias na parte do telhado, pintura, elétrica, hidráulica e ganharam acessibilidade.

“Não haverá prejuízo ao calendário escolar dos alunos, uma vez que no ano de 2024 o calendário contempla eventuais ocasionalidades”, explica a nota.

Cronograma escolar

Conforme a resolução, tanto o calendário das Escolas Municipais de Educação Infantil quanto o das escolas que oferecem o ensino fundamental deverão destinar os dias 5 de abril, 5 de junho, 3 de setembro e 31 de outubro, para formação continuada.

A reunião para orientação dos pais e responsáveis pelos alunos será em 8 de fevereiro e nos dias: 8 de março, 8 de maio, 9 de agosto, 4 de outubro e 13 de dezembro, serão destinados para reunião de pais.

As escolas do campo podem ajustar seus calendários segundo as necessidades locais, como ciclo agrícola e condições climáticas da região, desde que tenha a aprovação da Secretaria.