Nessa terça-feira (16), uma capivara foi atropelada na Rua Palmeiras, nas proximidades do Parque Arnulpho Fioravanti. Em virtude da mata existente na região onde está localizado o terminal rodoviário da cidade e também do , animais cruzam a pista com frequência.

Na via onde a capivara foi atropelada, o fluxo de veículos é intenso. Condutores reclamam da falta de lombada que existia no local.

Como também não existe nenhum outro redutor de velocidades na pista, motoristas abusam da velocidade. Geralmente os animais cruzam a pista no final da tarde e também no início da madrugada.

A reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com a (Agência Municipal de ) para falar a respeito da reclamação dos condutores, mas até o momento não se manifestou.