Você, lembra do Gabrielzinho? Menino de 6 anos que sofreu um atropelamento quando ia para a escola com sua irmã de 9 anos, em Aquidauana, cidade localizada a 141 km de , no dia 28 de agost.o

Sua alta acabou demorando um pouco por conta de complicações, já que, por conta do traumatismo craniano encefálico, ele passou por 5 cirurgias, ficou entubado por 20 dias em coma induzido, sendo necessário realizar a traqueostomia, além de fraturas em um dos braços e na perna esquerda. Mas ele já recebeu alta da UTI, está em leito comum, acordado e sua alta definitiva está próxima.

Porém, para ele voltar para a casa, seu quarto precisa de algumas modificações e alguns itens hospitalares precisam ser adquiridos, além de uma alimentação especial, para que sua recuperação seja definitiva. Uma das médicas que atende o pequeno orientou a mãe quanto a necessidade dessa adaptação e só vai liberar sua alta quando tudo tiver ajeitado.

A Alessandra, mãe do Gabriel, criou uma “vakinha” on-line para adquirir recursos que vai custear o que for necessário para o bem-estar do paciente. Ele vai precisar de um “quarto hospitalar”, então será necessário fazer ajustes seu quarto como uma porta acessível, pintar, colocar piso e forro, um ar condicionado, além de adaptar o banheiro. Ele também vai precisar de um aparelho de traqueostomia, aparelho de inalação, fraldas, leite, sondas para fazer a aspiração da traqueostomia.

Importante providenciar tudo quanto antes, pois a alta dele já está próxima e não é viável continuar no hospital por conta de risco de infecção hospitalar.

Para contribuir com a ‘vakinha’, acesse o link, clicando aqui.