Ventania na tarde deste domingo (3) deixou um rastro de destruição na região do Aeroporto de Campo Grande. Comerciantes que mantém seu pontos Orla do Mirante, na Avenida Duque da Caxias, tiveram acabaram no prejuízo pois seus itens foram levados com a força do vento.

O empresário Anderson Cirilo, de 54 anos, teve o pula pula levado e nem as cordas conseguiram segurar o brinquedo, que foi parar no canteiro da avenida. “Mesmo amarrado, com o vento forte arremessou do outro lado da via. Rasgou lona entortou a base e os ferros de proteção”, diz ao Jornal Midiamax. Ele teve prejuízo de R$ 3 mil.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrahão, os naquela região chegaram a 57,41 km/h. Choveu cerca de 13,2 mm e a temperatura caiu quase 10°C. Além dos brinquedos, o vento também levou vários bicicletas, que acabaram contorcidas em uma árvore.

Galhos de árvores caíram e o Tuiuiu da escultura na frente do Aeroporto também foi ao chão. Em outro ponto da cidade, na região da Embrapa, o vento chegou a 67,7 km e choveu o equivalente a 42,8 mm.

Confira o vídeo:

(Fala Povo, Jornal Midiamax)

Rastro de estragos em Campo Grande

Além do Tuiuiu, uma árvore caiu na rua dos Caiabis, no e deixou a via interditada. Com a queda, o tronco da árvore atingiu um carro e a rua foi tomada por galhos e folhas.

Uma outra árvore caiu em cima da varanda de um casal. Com a queda da árvore, o muro da residência foi derrubado no Jardim Imá. O caso aconteceu na rua Terezina, enquanto o casal estava fora de casa. Além disso, o bairro está sem luz.

Saiba Mais