Araras, tucanos, papagaios… Quem mora ou já passou por sabe que estas aves são facilmente vistas por toda a cidade, mas estas não são as únicas que tem por aqui. Diante dessa diversidade de espécies, a Sedect (Diretoria de Turismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Ciência e Tecnologia) convidou a equipe da Fundtur (Fundação de Turismo de ) para conhecer a região.

A equipe conheceu diversas regiões do município, desde matas fechadas à beira de rios. E, neste período observaram as espécies de aves de cada região e a facilidade de acesso para que turistas possam praticar o Bird Watching (aveturismo).

A diretora de Turismo, Lidiane Ferreira, explicou que Três Lagoas tem um grande potencial turístico que vem de encontro ao desenvolvimento econômico local e sustentável. “Esta é importante para que o município seja inserido de fato no roteiro turístico de Mato Grosso do Sul,” disse.

Aveturismo

O gerente de estruturação e inovação da oferta turística da , Edson Moroni, conta que o Bird Watching vem crescendo no Brasil nos últimos anos. E Mato Grosso do Sul se posiciona para trabalhar este segmento turístico, e Três Lagoas tem um potencial gigantesco para que esta área seja explorada.

“Durante a visita foram avaliadas as potencialidades do município, para que sejam criados os pontos quentes de observação de aves para que futuramente Três Lagoas esteja no circuito estadual de aveturismo,” destacou o gerente.

O diretor de desenvolvimento do turismo da Fundtur, Jean Carlo Merighi, falou da importância do município entrar no roteiro dos observadores de aves, pois, haverá grande fluxo de turistas no município, movimentando a economia e gerando empregos em Três Lagoas.