As convidadas de mais uma edição do programa Maria da Penha na Roda de Tereré foram as desembargadoras Elizabete Anache da Coordenadoria da Infância e Juventude de MS. E Jaceguara Dantas da Silva da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar. A juíza Camila Neves Porciúncula também participou da capacitação, e o evento foi realizado no auditório do escritório de obras da Suzano, em Ribas do Rio Pardo.

Na ocasião foi frisado a necessidade de priorizar a contratação de mulheres vítimas de violência, a fim de que consigam quebrar o ciclo de violência ao alcançarem sua independência financeira. Bem como a importância da existência de creches para que as mulheres possam trabalhar na segurança de terem seus filhos em bons cuidados durante o expediente de serviço.

O diretor de Engenharia da Suzano, Maurício Miranda, apresentou às desembargadoras o Projeto Cerrado, nome dado pela empresa à construção da fábrica de celulose de Ribas do Rio Pardo. E todas as ações e iniciativas desenvolvidas pela companhia em decorrência de sua instalação no município sul-mato-grossense.

Programa Maria da Penha na Roda de Tereré

Em maio de 2022, o Tribunal de Justiça de MS, a prefeitura de Ribas do Rio Pardo, e a Suzano firmaram Acordo de Cooperação Mútua para intensificar as ações de prevenção a todo tipo de violência contra as mulheres, bem como contra a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Com o termo, por meio da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar e da Coordenadoria da Infância e Juventude, o Tribunal de Justiça e o juízo da comarca de Ribas do Rio Pardo comprometeram-se a atuar como multiplicadores de informações e conhecimento sobre toda a legislação envolvendo o tema para os colaboradores da Suzano.