Na manhã desta quarta-feira (24), o conselheiro do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul), Célio Lima Oliveira, fez a entrega do relatório sobre as fiscalizações em escolas municipais de 18 cidades de Mato Grosso do Sul. 

A auditoria faz parte de uma fiscalização nacional e que, em Mato Grosso do Sul, apurou irregularidades em unidades escolares que atendem mais de 4 mil alunos. O auditor explicou que a auditoria foi feita em uma escola de cada município e que indicou a necessidade de levá-la para outras cidades. 

“O relatório aponta para a necessidade de expandir para demais municípios do Estado a verificação das condições das infraestruturas destinadas a atender nossas crianças e jovens de Mato Grosso do Sul. Os gestores dos municípios fiscalizados serão oficiados no sentido de apresentarem planos de ação para corrigir os apontamentos deste relatório”, afirmou. 

Relatório foi entregue nesta quarta-feira no TCE-MS. (Foto: Monique Faria/Jornal Midiamax)

Conforme já noticiado pelo Midiamax, 75% das escolas municipais em Mato Grosso do Sul que foram alvos da auditoria não tinham vistoria dos bombeiros e inadequações foram constatadas em 66,67% das unidades visitadas. O relatório final da “Operação Educação” foi apresentado no fim de abril.

O documento também apontou que todas as escolas não tinham hidrantes e que problemas foram constatados em 88,89% dos banheiros. Também foram encontradas rachaduras, infiltrações, falta de materiais de higiene e mofo, além de outros problemas.