O São Julião receberá na sexta-feira (1º) o reconhecimento por ser a primeira unidade hospitalar do Brasil a ter certificação Rumo ao Lixo Zero, concedida pelo Instituto Lixo Zero. Ao todo, cerca de 82% de resíduos sólidos foram desviados do aterro sanitário.

Segundo o hospital, a conquista foi desenvolvida em silêncio há 23 anos com investimento na coleta seletiva, reciclagem, compostagem e reflorestamento, pois o espaço está localizado em uma área de 240 hectares.

“Este é um trabalho que exige esforço contínuo de educação e mudança de hábitos. Os primeiros levantamentos apontaram para o índice de 57% de desvio. A campanha mobilizou a comunidade interna, pacientes e acompanhantes e o resultado é o São Julião como primeiro Hospital do país a atingir o índice de 82% de desvio de resíduos sólidos do aterro sanitário, processo 100% auditado pelo Instituto Lixo Zero. A instituição deu um passo inédito como a primeira unidade hospitalar brasileira nesse processo e com esse alcance”, descreve o comunicado.

A cerimônia está marcada para as 8h30, no Centro de Convenções Dr. Gunter Hans, com sede no , contando com a presença de instituições ambientais e o presidente do Instituto Lixo Zero do Brasil, Rodrigo Sabatini.

Hospital

O São Julião foi construído há 83 anos com uma das 33 colônias espalhadas pelo Brasil para confinar hansenianos. A cura da doença transformou a unidade em um hospital filantrópico, aberto a diversas especialidades, a serviço do SUS, com 387 mil atendimentos realizados em 2022. Em , é referência em oftalmologia e no tratamento da hanseníase.

Saiba Mais