Responsável por parte das primeiras condenações de José Carlos Santana, de 37 anos, o ‘Maníaco do Parque das Nações Indígenas’, o juiz Carlos Alberto Garcete relembrou em conversa com o Jornal Midiamax da época em que esteve à frente da Vara da Infância, Juventude e do Idoso de Campo Grande.

“Em 2007, várias situações em que ele estava envolvido tornaram-se processo, então, as primeiras condenações que ele teve passaram por mim e depois por outras varas criminais”, recorda. 

Ao todo, José Carlos teve fixada em mais de 30 anos de prisão pelo estupro de 10 mulheres. De acordo com Garcete, exames solicitados no curso dos processos afastaram a hipótese de que o criminoso fosse incapaz de responder pelos atos praticados. 

“Na época, foram realizados exames de sanidade mental, que não apontaram nada de anormal, ou seja, era uma pessoa consciente dos seus atos”, detalha.

Dezesseis anos após o ‘Maníaco do Parque’ ser condenado, o juiz que hoje comanda a 1ª Vara do Tribunal do de Campo Grande avalia o perfil do criminoso. 

“Ele entrou na fase da execução de pena e em 2021 conseguiu regime aberto porque cumpriu os requisitos que a Lei exige para isso. Realmente [novos fatos] causa surpresa porque a gente vê que, aparentemente, trata-se de um abusador sexual contumaz, infelizmente. É o que nos eles chamam de predador”, finaliza.

Prisão em operação Incubus

Operação Incubus, deflagrada na manhã de terça-feira (3), em Campo Grande, pela Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), prendeu o ‘Maníaco do Parque das Nações Indígenas’. Ele havia estuprado mais de 10 mulheres, em 2007.

De acordo com a delegada Elaine Benicasa, após ser solto há dois anos, o ‘Maníaco do Parque das Nações Indígenas’ voltou a atacar e estuprar mulheres na região Central da cidade. Ele foi preso em 2007 depois de estuprar mais de 10 mulheres. 

Na época da prisão de José Carlos Santana, ‘Maníaco do Parque das Nações Indígenas’, o local chegou a receber reforço policial. Uma operação foi realizada para a sua prisão. Ele estava sendo procurado pela polícia espanhola por estuprar duas meninas, e para não ser preso veio para o Brasil, vindo para Mato Grosso do Sul.

Saiba Mais