A Prefeitura de Nioaque decretou estado de calamidade pública por conta das chuvas que atingem o município desde a semana passada. O documento foi publicado no Diário Oficial da Assomasul.

As chuvas que acumularam mais de 80 mm provocaram enxurradas, alagamentos e inundações em rios e córregos. Nesse processo, estradas e pontes foram destruídas.

O decreto, assinado pelo Valdir Couto, cita os estragos causados pele fenômeno natural:

  • Alagamento e danificação da vicinal Corredor da Modelo
  • Deterioração e danos na estrada Corredor do Saltinho com destruição na cabeceira de ponte
  • Fazenda Guaxupé, Fazenda Buriti e, estrada do Salto, estradas vicinais de acesso aos Assentamentos Uirapuru, Santa Guilhermina, Conceição, Andalúcia, Padroeira do Brasil, Areias, Palmeira, Colônia Nova, às Aldeias Indígenas Cabeceira, Água Branca, Taboquinha e Brejão

Saiba Mais