Moradores de Campo Grande tiveram o fornecimento de serviços prejudicados pelo temporal que atingiu a cidade nesta quinta-feira (19). A chuva forte afetou também a rede de luz em diversos bairros.

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, clientes de internet ClaroNET ainda enfrentar a falta de internet, no começo da noite de hoje, no bairro Taveirópolis e Santo Amaro. Na Vila Nasser, onde choveu até granizo, o serviço chegou a ficar prejudicado, mas já foi estabelecido – apesar de clientes também relatarem problemas na velocidade.

A Energisa, concessionária que administra a distribuição de energia em Campo Grande, identificou impactos pontuais em 26 bairros da Capital.

  • Vila Sobrinho
  • Universitário
  • Parque Residencial União
  • São Francisco
  • Vila Nasser
  • Vila Piratininga
  • Santo Amaro
  • Portal Caiobá
  • Cabreúva
  • Jardim Leblon
  • Conjunto Jose Abrão
  • Vila Jacy, Caiçara
  • Jardim Seminário
  • Jardim Panamá
  • Conjunto Aero Rancho
  • Vila Santo Antonio
  • Jardim Tijuca
  • Vila Nova Campo Grande
  • Vila Planalto
  • Coophavila II
  • Guanandi
  • Vila Bandeirante
  • Jardim São Conrado
  • Jardim Centro Oeste
  • Jardim Jockey Club

Rastro de destruição

Em Campo Grande a chuva durou cerca de 30 minutos, mas foi o suficiente para gerar estragos pela cidade. Várias árvores de grande porte foram arrancadas do chão com as raízes e o Cemtec/MS estima que ventos de 80 km/h tenham atingido o município.

O muro do Cemitério Santo Amaro foi ao chão com a chuva e rajadas de vento. A parte do muro que desabou fica na lateral do cemitério, na Rua Fernando de Noronha.

Chuva deixa rastro de destruição em Campo Grande

Temporal deixou rastro de destruição principalmente na região do – região oeste -, em Campo Grande.

Árvores de grande porte caíram, postes e até telhados foram levados com a força do vento.

Na avenida Duque de Caxias, com a rua Itatiaia, um poste caiu com a força dos e toda a região está sem energia. Próximo dali, uma árvore tombou em cima do muro da Base Aérea de Campo Grande, telhas voaram e galhos o telhado de uma  desabou.

Telhado de escola cai com a chuva

No bairro Coophatrabalho, o temporal assustou alunos e funcionários da Escola Municipal Hilda De Souza FerreiraO telhado do corredor da escola desabou com a força dos ventos e da chuva.

Nas imagens é possível ver o estrago deixado pelo telhado caído e a chuva que invadiu o pátio da escola.

Temporal surpreendeu moradores por vir acompanhado de pedras de granizo, principalmente na região norte da Capital. Em menos de 30 minutos, o tempo fechou anunciando chuva forte. O temporal começou e logo as pedras de gelo – algumas bem grandes – caíram.

Um morador até coletou as pedrinhas de gelo para ‘garantir’ o tereré da tarde.

Na Avenida Duque de Caxias, um poste de energia caiu com a força do temporal e a região está sem energia elétrica. Na Afonso Pena com a 14 de Julho, em frente à Praça Ary Coelho, uma árvore de médio porte caiu bloqueando o trânsito.

De acordo com leitores do Jornal Midiamax, a árvore localizada no canteiro caiu com a força do vento e está bloqueando a avenida 14 de julho. Um carro teria sido atingido pelos galhos, mas ele deixou o local.

Saiba Mais