Servidores aposentados e da ativa em realizaram uma manifestação na manhã desta terça-feira (24), em frente ao Bioparque Pantanal, com o objetivo de sensibilizar o Governo do Estado sobre a situação da categoria após a Reforma da Previdência estadual.

Uma das principais reivindicações da categoria é a redução do desconto de 14% nas aposentadorias e pensões dos servidores de vários órgãos e poderes de Mato Grosso do Sul.

A manifestação reuniu cerca de 30 servidores que se mobilizaram desde as 7h30 da manhã. Dionizio Gomes, aposentado do poder judiciário, destaca que a manifestação teve um resultado positivo após uma conversa preliminar com o governador Eduardo Riedel.

“Conseguimos ter uma conversa preliminar com o governador Eduardo Riedel, ele disse que está sensível à causa e que serão feitos estudos para avaliar a melhor opção que beneficie os aposentados”, ressalta.

Na ocasião, o secretário da Casa Civil, Eduardo Rocha, se comprometeu a agendar uma reunião com Riedel. Os servidores aguardam uma resposta do governador, após a formação de uma comissão de deputados para intermediar as negociações.

Apesar dos avanços, uma comissão de servidores planeja ir até a (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) em 7 de novembro para pressionar os deputados a não esquecerem a pauta.

“Reforma” da Previdência

Aposentados
Aposentados (Divulgação)

Desde janeiro de 2021, os aposentados e pensionistas passaram a ter um desconto de 14% após a aprovação da “”. A categoria argumenta que esse desconto é excessivamente alto e impacta negativamente suas condições de vida, especialmente considerando as despesas com saúde.

Os servidores afirmam que a eliminação ou redução desse desconto é possível, com exemplos de outros estados que adotaram essa abordagem na reforma da previdência. No entanto, até o momento, eles sentem que estão sendo adiados e aguardam ações concretas das autoridades para atender às suas demandas.

Saiba Mais