Com a pandemia, muitos processos de primeira habilitação tiveram seus prazos prorrogados por duas vezes pelo Contran (Conselho Nacional e ). Com isso, atualmente possui aproximadamente 57,3 mil solicitações, incluindo os processos iniciados entre 2019

Segundo o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) para a fase de agendamento do exame prático para categoria A (moto) são 7,2 mil. Já para etapa de agendamento de exame prático na categoria B (carro) são 10,2 mil.

Já os processos iniciados entre os anos de 2019 a 2022 e parados na etapa do exame prático são mais de 20 mil. Sendo 10,5 mil para o agendamento prático sobre quatro rodas, e 9,6 mil para o exame prático de moto.

Diante deste cenário, o -MS tem sinalizado aos CFCs (Centro de Formação de Condutores) desde o início do ano a importância de programação antecipada para atendimento dos alunos. “Rotineiramente sobravam vagas, inclusive quando disponibilizadas aos sábados”, explica Lina Zeinab, chefe da Divisão de Exames.

Vagas ociosas

Para se ter uma ideia, 31% de um total de 240 vagas disponibilizadas em sábados dos meses de junho e julho, ficaram ociosas. O mesmo aconteceu na véspera do feriado de setembro, em que o Detran disponibilizou 870 vagas para realização do exame prático nos dias 4, 5 e 6, porém, 232 vagas não foram preenchidas.

Atualmente, são disponibilizadas semanalmente uma média de 1 mil vagas para exame prático na Capital, para as categorias A e B, sendo reservado uma tarde de um dia da semana para C, D e E.

Esse quadro de vagas, aberto toda sexta-feira para agendamento dos CFCs, pode ser reduzido ou aumentado conforme a equipe de examinadores disponível.

Ampliação do serviço

Com a alta demanda que ocorre no final do ano, o Detran-MS já iniciou medidas para ampliar os atendimentos.

“Visando promover melhor acesso ao serviço, o Detran-MS alterou a regra de limitação de agendamento por veículo, que passou de 10 para 13 alunos por carro e por período, ampliando assim o volume de exames permitidos”, explica Lina.

Outra medida prevista para os próximos meses será a oferta de vagas para todos os sábados no período matutino e vespertino. Além disso, nas semanas sem deslocamento de rotas para o interior, o quantitativo de vagas será ampliado para oportunizar o atendimento.