Menina de três anos morreu no HU (Hospital Universitário) com suspeita de dengue hemorrágica, em , nesta quarta-feira (29). De acordo com a (Secretaria Municipal de Saúde), foi recebida a notificação da suspeita de dengue, nesta quarta.

A coleta de sangue de sorologia resultou em arboviroses (doenças causadas por vírus transmitidos, principalmente por mosquitos) e painel de vírus respiratório.

Se confirmado, este pode ser o nono caso de morte causada por dengue em Mato Grosso do Sul, segundo boletim epidemiológico da SES (Secretaria Municipal de Saúde). Os três últimos óbitos foram registrados em Três Lagoas, cidade que está com alta incidência para a doença.

Mato Grosso do Sul tem 9.296 casos confirmados de dengue apenas em 2023. Os dados prováveis da doença são de 20.154. Quatro mortes estão em investigação.

Os números de casos de dengue de 2023 já superam os de 2021, quando foram registrados 8.027 casos e 14 mortes durante todo o ano.