Agentes de endemias do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) estarão realizam, nos dias 21 e 22 de março, no distrito de Vila Vargas, em Dourados. A ação visa eliminar o transmissor da Dengue, e e acontece em parceria com os profissionais da Unidade Básica de Saúde da região.

Durante esses dois dias os agentes visitam domicílios com objetivo de orientar moradores sobre a importância de manter e aplicar os cuidados necessários para que se evite o vetor e, com isso, as doenças transmitidas por ele. Os imóveis que forem identificados em situações irregulares serão notificados, conforme prevê a Lei Municipal nº 3965/2016, a “Lei da Dengue”.

De acordo com o boletim epidemiológico mais recente, publicado pelo Departamento de Vigilância em Saúde, Dourados contabiliza 435 de dengue, sendo 153 casos positivos e um óbito causado pela doença.

Na classificação de risco, o município está no nível 1, considerado de resposta inicial. Até agora, não houve casos confirmados de zika ou chikungunya.

“É muito importante que a população receba os agentes de endemias e profissionais da unidade de saúde para vistoria nas residências, apoie e colabore com esse trabalho de fiscalização e também coloque em prática as orientações feitas por eles”, comenta a coordenadora do CCZ, Priscila da Silva.

Durante as atividades, a população ainda terá à disposição a vacina antirrábica para cães e gatos, acima de quatro meses, em ponto fixo na UBS de Vila Vargas.

Mais informações podem ser obtidas diretamente na UBS do distrito de Vila Vargas, localizada na rua Fradique Corrêa Ferreira, ou no CCZ por meio do telefone (67) 3411-7753, para ligação e WhatsApp.

Saiba Mais